A queda do homem (Bíblia comentada - Gênesis 3)

Introdução a Gênesis 3 comentado


O capitulo de Gênesis 3 comentado, tem como fator relevante a "queda do homem", o primeiro pecado praticado por um humano, o conceito de certo e errado passa por um processo de evolução em todo o velho testamento, conforme a cultura humana vive em um constante desenvolvimento, pode-se dizer que o terceiro capitulo de Gênesis é o passo inicial para esse contexto.

A queda do homem, Gênesis 3
A queda do homem, Gênesis 3 comentado

Gênesis 3 comentado

GEN 3:1 Porém a serpente era astuta, mais que todos os animais do campo que o SENHOR Deus havia feito; a qual disse à mulher: Deus vos disse: Não comais de toda árvore do jardim?
GEN 3:2 E a mulher respondeu à serpente: Do fruto das árvores do jardim comemos;
GEN 3:3 Mas do fruto da árvore que está em meio do jardim disse Deus: Não comereis dele, nem o tocareis, para que não morrais. A serpente na bíblia  é usado em (Gênesis 3:1, Mateus 10:16, II Coríntios 11:3, Apocalipse 12:9 e Apocalipse 20:2), de certa forma existem varias interpretações teológicas para a serpente, dês de lendas bizarras, de que a serpente seria a primeira esposa de Adão, isso segundo uma antiga lenda do judaísmo, até a crença mais ortodoxa, de que a serpente foi uma criatura do reino animal que foi corrompida pelo Diabo, o termo mais comum na bíblia hebraica é נחש‎, (nahash), cujo significado é adivinhar, praticar adivinhação, vaticinar, da qual provém a palavra ֹ֙ נָּחָשׁ֙ 1 (nachash).
GEN 3:4 Então a serpente disse à mulher: Não morrereis;
GEN 3:5 Mas sabe Deus que no dia que comerdes dele, serão abertos vossos olhos, e sereis como deuses sabendo o bem e o mal. O conhecimento do homem era limitado, conforme visto nos capítulos anteriores, o homem não tinha o conhecimento do pecado, como a nudez, isso por que por algum motivo, era uma criatura inocente, a serpente era a criatura mais astuta das criações de Deus, e com suas palavras soube seduzir a humanidade, no verso 5, a humanidade passou a ter um desejo obscuro em seu coração, o de ser "divino", e ter o mesmo entendimento de Deus.
GEN 3:6 E viu a mulher que a árvore era boa para comer, e que era agradável aos olhos, e árvore cobiçável para alcançar a sabedoria; e tomou de seu fruto, e comeu; e deu também a seu marido, o qual comeu assim como ela. Esse foi o momento mais triste do ser humano, de certa forma, o pecado em si não foi comer do fruto da arvore, o desejo de transpassar a Deus, esteve presente antes disso, o pecado da cobiça e da apodia, foram os primeiros pecados cometidos por Eva, isso antes mesmo de comer do fruto, o pecado da apodia também foi cometido por Adão, que ao ver o erro de sua mulher, não a repreendeu, e sim em um ato de compactuar com seu pecado, comeu do fruto, junto a ela.
GEN 3:7 E foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus: então coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais. Os olhos do entendimento se abriram, o entendimento do bem e do mal, isso por que o homem comeu do fruto da arvore, ele já não era mais inocente, nesse momento foi despertado a gnose, isto é o conhecimento sobre as leis.
GEN 3:8 E ouviram a voz do SENHOR Deus que se passeava no jardim ao esfriar do dia: e escondeu-se o homem e sua mulher da presença do SENHOR Deus entre as árvores do jardim. O ato de esconder-se de Deus, e fugir é algo comum entre os pecadores, independente do pecado, o assassino sente um desejo de fuga (vide Caim e Abel) o ladrão e o adultero teme seu erro descoberto, o mentiroso teme o aparecimento da verdade, isso por que todo o pecador tem o medo de ser desmascarado ou punido.
GEN 3:9 E chamou o SENHOR Deus ao homem, e lhe disse: Onde estás?
GEN 3:10 E ele respondeu: Ouvi tua voz no jardim, e tive medo, porque estava nu; e me escondi. Porquanto se abriu o conhecimento do bem e do mal, o ser humano em pecado tende a não resistir a presença de Deus, é por esse motivo que quando uma pessoa que conhece a verdade do evangelho, mas está no mundo, ele não gosta de ouvir a palavra do Eterno, doí em seu ouvido ouvir menção da palavra de Deus.
GEN 3:11 E disse-lhe: Quem te ensinou que estavas nu? Comeste da árvore de que eu te mandei não comesses? A expressão "comer" e "beber" no desenvolver dos textos bíblicos fica claro não se tratar apenas de algo físico, como um fruto em questão, certa vez Jesus disse: "... Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede..." (Ref João 4:2) o beber ou comer, muitas vezes pode tratar-se de algo do espirito, ou mesmo do conhecimento, como no exemplo da passagem de Jesus e a Samaritana.
GEN 3:12 E o homem respondeu: A mulher que me deste por companheira me deu da árvore, e eu comi. Ao homem foi dado a tarefa de governar a família, e a mulher sua companheira e ajudadora, o homem não deve permitir que a mulher governe suas decisões, quando isso acontece, o homem tende cair em desgraça, (Vide a historia do rei Acabe).
GEN 3:13 Então o SENHOR Deus disse à mulher: Que é o que fizeste? E disse a mulher: A serpente me enganou, e comi. Dês do inicio do capitulo o pecado da mulher tem se mostrado aparente, a apodia é algo pouco observado pelos teólogos, mas uma fatalidade, como o primeiro pecado dos humanos, ao ver o erro da serpente, ofertando algo que seria ilegal, ela não repreende a serpente ou chama pelo marido, mas ao invés disso, ela é atraída pela beleza do "fruto proibido".
GEN 3:14 E o SENHOR Deus disse à serpente: Porquanto isto fizeste, maldita serás entre todos os animais selvagens e entre todos os animais do campo; sobre teu peito andarás, e pó comerás todos os dias de tua vida. A maldição da serpente, é apresentada no verso 14, de certa forma, embora pouco citado em outras passagens, o versículo parece ser bem descritivo ao afirmar que a serpente não é como é hoje, sabe-se que hoje ela se arrasta pelo chão, além de ser um ser venenoso, mas pelo que é descrito na bíblia, ela possivelmente era um ser diferente, com um corpo que era capaz de andar e de falar, assim como os seres humanos, até por isso algumas seitas judaicas e grupos sectários do cristianismo afirmam que a serpente era um ser com uma aparência próxima a dos homens, alguns grupos de um pastor americano chamado William Branham, gostam de afirmar que o pecado original, teria sido um suposto relacionamento sexual com a serpente. 
GEN 3:15 E inimizade porei entre ti e a mulher, e entre tua descendência e a descendência dela; esta te ferirá na cabeça, e tu lhe ferirás no calcanhar. A inimizade entre humanos e criaturas como serpentes de certa forma esta viva até os dias de hoje, segundo dados da OMS (Organização mundial da saudê) mais de  125 mil pessoas morrem por ano, vitimas de ataques de cobras, e existe uma media de 500 mil ataques por ano, Jesus em uma das passagens mais angustiantes da bíblia, no Getsemani pisa na cabeça da serpente, alguns acreditam que a passagem de Gênesis 3.15 faz referencia profética ao ato de Jesus (vide Mat 26.36-46).
GEN 3:16 À mulher disse: Multiplicarei em grande maneira tuas dores e teus sofrimentos de parto; com dor darás à luz os filhos; e a teu marido será teu desejo, e ele exercerá domínio sobre ti. Hoje grupos ativistas, conhecidos como feministas, fazem protestos bizarros contra o domínio dos homens, isso é uma maldição de Deus, imposta a elas, o desejo pelos homens, até por essa razão os judeus costumavam proibir as mulheres de terem "voz" em reuniões, seja religiosas, politicas ou de qualquer outro assunto.
GEN 3:17 E ao homem disse: Porquanto obedeceste à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te mandei dizendo, Não comerás dela; maldita será a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias de tua vida; O homem escolheu obedecer a voz da mulher, ao invés da voz de Deus, e por isso paga caro até os dias de hoje, isso por que trabalhamos duramente para termos o alimento diário,  o homem e a mulher precisam se completar, cada um em sua devida função, caso essa associação seja feita de forma errada, dor e sofrimento tendem a cair sobre os homens.
GEN 3:18 Espinhos e cardos te produzirá, e comerás erva do campo;
GEN 3:19 No suor de teu rosto comerás o pão até que voltes à terra; porque dela foste tomado: pois pó és, e ao pó voltarás. A condenação do homem a morte, é identificada na expressão "...pois pós és, e ao pó voltarás...", é claramente uma simbologia ao afirmar que o homem morreria a partir desse momento, em outras passagens da bíblia, existe um versículo que diz "...o salario do pecado é a morte..."( Ref Romanos 6:23)
GEN 3:20 E chamou o homem o nome de sua mulher, Eva; porquanto ela era mãe de todos o viventes. A ciência tenta por diversas vezes desconstruir a fé do homem e contrariar passagens e textos bíblicos, a historia em controvérsia contra a ciência, costuma andar alinhado com a bíblia, um seguimento da ciência que estuda a genética, descobriu ao estudar DNA, de todas as raças de pessoas, que "Todos os seres humanos, são descendente de uma mesma mulher" isso é conhecido como Eva mitocondrial, um estudo feito nos Estados Unidos e outros idênticos realizados na Russia, chegaram a conclusão que todos os seres humanos tem uma descendente em comum, segundo a ciência seria uma mulher, a exatidão e a inspiração do textos bíblicos, prova-se ser extremamente forte nesse verso.
GEN 3:21 E o SENHOR Deus fez ao homem e à sua mulher túnicas de peles, e vestiu-as.
GEN 3:22 E disse o SENHOR Deus: Eis que o homem é como um de Nos sabendo o bem e o mal: agora, pois, para que não estenda sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma, e viva para sempre. Poucos leitores da bíblia, prestam a atenção em alguns detalhes da bíblia, o ser humano comeu do fruto da arvore do bem e do mal, havia dois frutos que eram proibidos ao ser humano, um o fruto da arvore da vida além do primeiro já citado, o homem não é imortal, ele possui a gnose, mas não a imortalidade.
GEN 3:23 E tirou-o o SENHOR do jardim de Éden, para que lavrasse a terra de que foi tomado.
GEN 3:24 Lançou, pois, fora ao homem, e pôs ao oriente do jardim de Éden querubins, e uma espada acesa que se revolvia a todos os lados, para guardar o caminho da árvore da vida. Com o intuito de impedir que o homem comesse novamente do fruto proibido, Deus selou a arvore da vida, e também o expulsou o homem do jardim do Éden, o versículo 24, tem uma importância teológica para os monoteístas bíblicos, de grande importância, o termo querubins (do Hebraico כרוב - "keruv" ou do plural כרובים - keruvim) são conotados na bíblia como mensageiros e executores da vontade de Deus, em suas aparições, são tidos com a aparência similar a humana, na crença do plural majestático, é comum associar as falas plurais de Deus, com os anjos, como executores da vontade divina, seria extremamente coerente dizer que Deus conversava com esses seres.


Outros capítulos de Gênesis comentado:


1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - 14 - 15 - 16 - 17 - 18 - 19 - 20 - 21 - 22 - 23 - 24 - 25 - 26 - 27 - 28 - 29 - 30 - 31 - 32 - 33 - 34 - 35 - 36 - 37 - 38 - 39 - 40 - 41 - 42 43 - 44 - 45 46 47 - 48 - 49 - 50.


Notas de leitura e referencias


- Segue os créditos a Blive que é a responsável pelo comitê de tradução da bíblia livre.
- Os trechos comentados estão sempre em negrito.
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo e arqueólogo bíblico formado pela FNT (Faculdade de teologia nacional) e a revisão é de Vanderleia Custodio.
- Artigo sobre genética, Eva mitocondrial.
- Caso seja usado referencias de fontes externas sempre serão mencionados nesse rodapé se houver.
- Referencia, Serpente, Enciclopédia livre.
- Dados da OMS, ataques de cobras, Super de Abril.
- A historia dos anjos, Freewebs.
- Querubins, referencia, enciclopédia livre.

- Caso você tenha uma indicação ou duvida, deixe nos comentários, para receber nossas atualizações por whatsapp, entre em contato pelo numero (19) 993702148.

Compartilhe o Reflexões Cristãs, e nos ajude a divulgar a palavra de Deus, gratuito e aberto a todos.

Destaques de Reflexões Cristãs