Publicações

O Didaque é prova do batismo em nome da Trindade?

Graves problemas sobre o apócrifo livro do Didaque.


Como os leitores mais antigos já sabem, esse blog embora fale muito sobre ciência crista e teologia, originalmente foi um blog de arqueologia bíblica e mais focado na historia da igreja, retornaremos um pouco as raízes e falaremos sobre um antigo e milenar livro apócrifo, chamado "Diversos Didaque" e simplesmente Didake ou Didaque, que é um antigo livro que sua origem remete aos primeiros seculos da igreja.

Esse antigo escrito faz menção ao batismo em nome do pai e do filho e do espirito santo, dessa forma poderia ser um grande argumento para a teologia da trindade e o batismo trinitário, mas como tudo na historia, temos que sempre observar todo o contexto, e dessa forma provarei que o Didaque não é prova para a crença trinitária na igreja primitiva e nem mesmo deve reforçar essa crença.

Entenda mais sobre a divindade em diversos artigos sobre a Unicidade de Deus.

Veja 4 evidencias que o Didaque não é inspirado e nem mesmo deve ter credito sobre a questão do batismo e da divindade.

Veja 4 evidencias que o Didaque não é inspirado e nem mesmo deve ter credito sobre a questão do batismo e da divindade.


01 - O Didaque é do primeiro seculo da igreja, mas isso não significa que existe um escrito do primeiro seculo do Didaque, possuo formação em arqueologia bíblica, e sei que na historia da igreja, muitas vezes são feitos parâmetros diagnósticos da seguinte forma, para saber se tal livro é de qual data, é baseado no estilo de escrita, dialeto usado, e também menção de historiadores sobre o escrito, nesse sentido, pelo que tudo indica, o Didaque é de origem do ano 90dC, ou seja o primeiro livro foi escrito nesse tempo, mas temos um grave problema nesse aspecto.

Embora sua origem seja do ano 90 dC, não existe um manuscrito ou qualquer tipo de exemplar desse tempo, a versão impressa mais antiga do Didaque é presente no Codex Hierosolymitanus (também chamado de Manuscrito de Briênio ou Códice de Jerusalém), geralmente chamado apenas de "H" em textos acadêmicos, é um manuscrito grego do século XI, escrito por um escriba conhecido apenas por Leão, que o datou em 1056. Ou seja ainda que a origem do Didaque seja do ano 90 dC, a mais antiga versão é do 10 seculo da era cristã, já existindo o domínio de Roma sobre o mundo ocidental, e todas as crenças católicas moldadas, sendo possível alto índice de falsificação.

02 - Alta probabilidade de falsificação, quem já leu o Didaque ou no minimo já tenha estudado sobre o assunto, a maior parte das crenças católicas são defendidas nesse escrito, eucaristia, trindade e batismo trinitário entre outras crenças. E a descoberta desse escrito foi dada em um tempo logo após os católicos terem enfrentado muita resistência a cerca da doutrina da trindade, e o batismo da trindade, até o fim do seculo 9 e o inicio do seculo 10, o apelidado batismo de Sabélio, que era o "Em nome de Jesus Cristo" era embora menor numero, estava sendo praticado em diversos lugares do mundo. E o Papado tinha grande preocupação com o tema, pois era uma doutrina vital na fé católica, que foi incorporada do paganismo, tornando-se muito útil na conversão de pagãos e também na transformação de templos pagãos das tríades espalhadas pelo mundo em templos católicos.

Dessa forma faria muito sentido a igreja Católica inserir um livro falsificado no cânon bíblico, e inclusive esse livro foi defendido pelos teólogos católicos como legitimo, e quase foi inserido na bíblia por ordem de Roma, só não sendo possível porque era visível para muitos padres e teólogos o alto risco de falsificação.

03 - Os maiores historiadores da historia da igreja, consideravam o Didaque como livro apócrifo, ou até mesmo falso. Isso quem disse foram nada mais, nada menos do que é Eusébio, Atanásio de Alexandria (c. 367) e Rufino (c. 380). 

Os principais historiadores da igreja no primeiro milênio, talvez até mesmo da historia, eles indicam que o escrito do seculo 90dC, era uma falsificação para parecer com um livro apostólico, e original da igreja primitiva, temos que ressaltar que não é um caso isolado, existe também vários livros falsificados, um muito conhecido é o "Evangelho de Maria Madalena" que quando descoberto gerou alvoroço, mas depois foi descoberto que era falso.

Leia outros artigos relacionados a livros apócrifos.

04 - Assim como o Didaque é apócrifo e possivelmente uma falsificação, outros escritos com a menção do batismo em nome do pai, e do filho e do espirito santo, possivelmente é adulterado, estamos falando sobre o versículo de Mateus 28:19

Onde segundo os principais historiadores da historia da igreja como o próprio Eusébio, era uma passagem apócrifa, e que não estaria nos originais, o manuscrito mais antigo com essa passagem, pelo que tudo indica é do segundo ou terceiro seculo, e só existe essa parte de Mat 28:19 escrito como rascunho, e não no original, o que mostra a intenção de falsificação do versículo, planejamos criar um artigo próprio sobre o tema, o próprio Papa Bento 16 já assumiu que o versículo foi inventado pela igreja católica.

05 - Uma baixa aceitação da igreja primitiva, com certeza é um péssimo sinal, vamos analisar o desconhecido livro Didaque, o original perdido dos anos 90dC. Existe uma clara razão para que não tenha-se uma versão recente, dos primeiros seculos disponíveis, a grande razão para isso é que o livro não era aceito pela igreja dos primeiros seculos, isso porque naqueles tempos surgiam muitos livros, a grande maioria deles, era creditado o nome de algum apostolo, para dar mais credibilidade, alguns livros como Lucas, Atos dos Apóstolos, Apocalipse, Marcos, Mateus entre outros presentes na bíblia, eram extremamente difundidos, você encontraria versões desses livros em qualquer lugar da conhecida igreja primitiva, Grécia, Egito, Israel, Sudão, Etiópia, Roma entre outros lugares espalhados pelo mundo. 

Isso tudo deve-se a esses livros serem amplamente aceito pela maior parte da igreja original, até mesmo alguns livros apócrifos do antigo testamento, eram bem mais comuns em todo o mundo do que o Didaque, como o livro de Gênesis dos Gênesis e Enoque por exemplo.

O fato de um livro não ter sido minimamente difundido, é mais um claro sinal de descredito, é diferente dos livros de opositores da igreja católica, como os escritos de Sabélio, Ario, Praxeas e companhia, esses livros foram varridos da historia, pois a igreja católica não concordava com seus ensinos, e ia muito contra as crenças pagãs que Roma tinha interesse de inserir na igreja, mas o Didaque no entanto não possui nenhuma divergência com o catolicismo, quem ler esse livro verá que ele é genuinamente católico, o que causa estranheza, pois se é tão similar a base, porque esse livro cairia em desuso e desapareceria por quase novecentos anos?

Está mais do que claro que o Didaque não é viável para uma analise das crenças cristãs, e seu risco de fraude é gigantesco. Isso sem mencionar Mat 28:19 onde diversas revistas históricas pelo mundo falam abertamente sobre essa polemica passagem. E a grande maioria indica sua fraude, deixo esses argumentos a todos os leitores, para caso alguém tenha duvidas sobre o tema peça pelo WhatsApp que está no rodapé. Estaremos falando mais sobre livros apócrifos e sobre a teologia histórica, para ajudar a comunidade a entender temas tão sensíveis como a origem da igreja.

Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19) 99370-2148. 

Lucas Ajudarte quarta-feira, 21 de agosto de 2019
7 Questões sobre o inferno que devem ser observadas

Teólogo trás sete questões sobre o inferno

Existem sim problemas de interpretação no que se diz respeito ao inferno, e por isso religiões e alguns grupos cristãos deixaram de crer na crença, mas a verdade é que existe sim um sentido para a existência do inferno, e a bíblia permite sim brechas nesse sentido, vamos analisar e lembrar que em praticamente todos as culturas do mundo, existe uma necessidade de moralidade básica, onde os não seguidores iriam para algo que podemos interpretar como um inferno multicultural.
A verdadeira questão a cerca do inferno, não deveria ser sua existência, pois ela é clara, mesmo que você questione o termo "inferno" e o que ele realmente significa, ou mesmo deseja utilizar outra expressão para nomeá-lá, mas seu sentido e fundamento são claros, a questão verdadeira é o que ocorre lá, e sua real importância.
Teólogo trás sete questões sobre o inferno

O inferno é uma realidade difícil, mas é algo que a Bíblia ensina, e não podemos entender completamente a Deus e seu mundo, a menos que nos envolvamos com isso. Essas sete questões devem enquadrar nossa discussão do inferno.
Trarei 7 questões sobre o inferno na perspectiva de quem acredita em todos os seus fundamentos ortodoxos, meramente para reflexão, o artigo não representa a fiel crença do Reflexões Cristãs, e nem do seu autor do blog, apenas trás uma opinião respeitada sobre o tema do pastor e teólogo JD Greear. Independente de sua crença sobre o tema, convidamos a todos a refletir.

1. Inferno é o que o inferno é porque Deus é quem Deus é.  

As pessoas falam muito sobre “ver Deus”, como se ver Deus face a face fosse uma experiência calorosa e confusa. Mas a Bíblia explica que a santidade e perfeições de Deus são tão completas que, se alguém o visse, ele morreria (Ex 33:20). Mesmo o menor pecado em sua presença leva à aniquilação imediata. Quando Isaías, o profeta de Deus, viu Deus em seu trono, ele caiu sobre seu rosto, aterrorizado e seguro de que estava prestes a morrer (Is 6: 5).
A doutrina do inferno caiu em desgraça entre muitos. Mas está lá por um motivo. Deus nos fala sobre o inferno para nos mostrar a magnitude de sua santidade. Inferno é o inferno porque a santidade de Deus é o que é. O inferno não é um grau mais quente do que o nosso pecado exige. O inferno deve fazer nossas bocas ficarem boquiabertas diante da justa e justa santidade de Deus. Deve nos fazer tremer diante de sua majestade e grandeza.
Ironicamente, ao acabar com o inferno, você acaba com os recursos que mostram a justiça de Deus. Quando uma pessoa passa por estupro ou abuso infantil, ela precisa saber que existe um Deus de tal santidade e beleza que seu reinado não tolera o mal.

2. Jesus falou sobre o inferno mais do que qualquer outro nas Escrituras . 

Algumas pessoas tentam evitar a idéia do inferno, dizendo: “Aquele era o Deus do Antigo Testamento, quando ele estava no colegial e todo excêntrico. Mas quando Deus amadureceu no Novo Testamento com Jesus - Jesus manso e suave - ele era todo amor e compaixão. ”
O problema com esta visão é que quando você começa a ler os Evangelhos, você descobre que Jesus fala sobre o inferno mais do que qualquer outra pessoa. De fato, se você contar os versículos, Jesus falou mais sobre o inferno do que sobre o céu. Um dos céticos mais famosos da história, Bertrand Russell, disse em seu livro  Por que não sou cristão  que o ensinamento de Jesus sobre o inferno é “o único defeito profundo no caráter de Cristo”. Se quisermos evitar a idéia do inferno, não pode ignorar o problema, concentrando-se apenas em "Jesus manso e suave".

3. O inferno nos mostra a extensão do amor de Deus em nos salvar.  

Por que Jesus falou sobre o inferno mais do que qualquer outro na Bíblia? Porque ele queria que nós víssemos o que ele iria suportar na cruz em nosso nome. Na cruz, a punição de Jesus era pouco passível de descrição: esse remanescente ensangüentado e desfigurado de um homem recebeu uma cruz que talvez fosse reciclada, provavelmente coberta de sangue, fezes e urina de outros homens que a haviam usado anteriormente. Pendurado ali em imensa dor, ele lentamente sufocou até a morte.
A pior parte foi a separação do Pai que Jesus sentiu, uma separação que foi o próprio inferno. “Meu Deus, meu Deus”, exclamou: “Por que me abandonaste?” (Mt 27:46). Em tudo isso, Jesus estava levando o inferno do nosso pecado em seu corpo.
As pessoas muitas vezes sentem que o inferno é uma grande mancha no amor de Deus. A Bíblia apresenta como o oposto. O inferno amplia para nós o amor de Deus, mostrando-nos até onde Deus foi e quanto ele passou para nos salvar.

4. As pessoas são eternas

CS Lewis observou certa vez que o inferno é uma conclusão necessária da crença cristã de que os seres humanos foram criados para viver para sempre. Como ele colocou:
O cristianismo afirma que todo ser humano individual viverá para sempre, e isso deve ser verdadeiro ou falso. Agora há muitas coisas que não valeria a pena se incomodar se eu fosse viver apenas 70 anos, mas é melhor que eu me preocupe muito seriamente se for viver para sempre. Talvez meu mau humor ou meu ciúme estejam gradualmente piorando - tão gradualmente que o aumento em 70 anos não será muito perceptível. Mas pode ser um inferno absoluto em um milhão de anos: na verdade, se o cristianismo é verdadeiro, o inferno é o termo técnico precisamente correto para o que seria.
Em outro lugar, Lewis escreveu:
Inferno começa com um humor resmungando, e você ainda é diferente disso: talvez criticando isso. Você pode se arrepender e sair disso novamente. Mas pode chegar um dia em que você não poderá mais fazer isso. Então você não vai mais deixar para criticar o clima, nem mesmo para se divertir, mas apenas o resmungo acontecendo para sempre como uma máquina.
5. Em certo sentido, Deus não manda ninguém para o inferno; nós nos enviamos.  
Inferno é a culminação de dizer a Deus para "sair". Você continua dizendo a Deus para deixá-lo sozinho, e finalmente Deus diz: "Tudo bem". É por isso que a Bíblia descreve isso como escuridão: Deus é luz; Sua ausência é a escuridão. Na Terra, experimentamos a luz e coisas como amor, amizade e a beleza da criação. Estes são todos os remanescentes da luz da presença de Deus. Mas quando você diz a Deus que você não o quer como o Senhor e o centro de sua vida, eventualmente você tem o seu desejo, e com Deus vai todos os seus dons.
Temos duas opções: viver com Deus ou viver sem Deus. Se você diz: “Eu não quero a autoridade de Deus. Eu prefiro viver por mim mesmo ”, isso é o inferno. Em O Grande Divórcio e O Problema da Dor , Lewis colocou desta forma:
A longo prazo, a resposta para todos aqueles que se opõem à doutrina do inferno é em si uma questão: "O que você está pedindo a Deus que faça?". Para deixá-los sozinhos? Infelizmente, temo que seja o que ele faz. No final, existem apenas dois tipos de pessoas - aqueles que dizem a Deus “a tua vontade será feita” e aqueles a quem Deus diz que no final “farás a tua vontade”.

6. Em outro sentido, Deus envia as pessoas para o inferno e todos os seus caminhos são verdadeiros e justos.  

Podemos ser tentados a nos enfurecer com Deus e a corrigi-lo. Mas como podemos encontrar falhas em Deus? Como Paulo diz em Romanos 9, quem somos nós - como meros pedaços de argila - para responder ao divino oleiro? Romanos 9 , quem somos nós - como meros pedaços de argila - para responder ao divino oleiro?
Nós não somos mais misericordiosos que Deus. Isaías nos lembra que todos os que estão atualmente “indignados contra Deus” virão perante ele no último dia e ficarão envergonhados, e não vindicados (Is 45:24), porque eles perceberão quão perfeitos são os caminhos de Deus. Toda vez que Deus é comparado com um humano nas Escrituras, Deus é o mais misericordioso do casal.
Quando olhamos para trás em nossas vidas desde a eternidade, ficaremos maravilhados não pela severidade de sua justiça, mas pela magnanimidade de sua misericórdia.

7. Não é suficiente para Deus nos tirar do inferno; ele deve tirar o inferno de nós

Algumas pessoas vêem um problema em usar o inferno como uma forma de coagir as pessoas a se submeterem ao cristianismo. É como se Deus estivesse dizendo: "Sirva-me ou então!" E isso parece manipulativo. Pode surpreender você, mas Deus concorda.
Se as pessoas são convertidas a Deus simplesmente porque estão com medo, ou porque Deus fez algum grande e milagroso sinal (cf. Lc 16.31), elas podem se submeter, mas isso não mudaria a atitude de coração deles em relação a Deus. Se você aceita Jesus apenas para “sair do inferno”, então você odiaria estar no céu, porque somente aqueles que amam e confiam em Deus irão desfrutar do céu. Se você não ama o Pai, então viver na casa do Pai é como a escravidão. Seria como forçar você a se casar com alguém com quem não queria se casar. A única maneira de desfrutar do céu é quando você aprende a amar e confiar em Deus. Lucas 16:31 ), eles podem se submeter, mas isso não mudaria sua atitude de coração para com Deus. Se você aceita Jesus apenas para “sair do inferno”, então você odiaria estar no céu, porque somente aqueles que amam e confiam em Deus irão desfrutar do céu. Se você não ama o Pai, então viver na casa do Pai é como a escravidão. Seria como forçar você a se casar com alguém com quem não queria se casar. A única maneira de desfrutar do céu é quando você aprende a amar e confiar em Deus.
Somente uma experiência do amor de Deus pode reorganizar a estrutura fundamental do seu coração para criar um amor e confiança em Deus. Não é suficiente para Deus nos tirar do inferno; ele deve tirar o inferno de nós.
Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148. 

Lucas Ajudarte segunda-feira, 12 de agosto de 2019
Pastores evangélicos que venderam-se a maçonaria

Muitos lideres religiosos tem tornado-se maçons nesses últimos anos


Conforme foi muito noticiado no fim de 2018, onde grande parte da mídia evangélica debateu muito as narrativas de Marcos Feliciano, pastor e deputado, sobre a maçonaria, onde ele fez defesa feroz dos grupos maçons, alegando que as coisas relacionadas a satanismo e ocultismo presentes na sociedade secreta, são apenas lendas urbanas.

Muitos lideres religiosos tem tornado-se maçons nesses últimos anos


Por outro lado mesmo que neguem, é comum vermos pastores de renome como Marcos Feliciano e Claudio Duarte presente em eventos promovidos pela maçonaria, em eventos como o Avança Brasil Maçom. E o mais engraçado é que os próprios lideres da maçonaria, como Albert Pike, considerado o grande papa maçônico por muitos, deixa claro em seus livros e ensinamentos, que o deus da maçonaria é Lúcifer.

Recomendo a todos a leitura dos livros de Albert Pike, em especial o mais conhecido, chamado "Morais e dogmas" eu particularmente considero impossível um maçom ser cristão, tendo ciência das crenças cristãs e maçônicas, afinal, são como fogo e água, e não podem estar juntas, é uma péssima combinação.

Procurei até o presente momento, e acredito que não importa em que ano você leia esse artigo, você nunca encontrará uma pregação de Marcos Feliciano, Silas Malafaia, Claudio Duarte, RR Soares entre outros pastores renomados, falarem abertamente contra a maçonaria. O estranho é que boa parte desses pastores de renome, já foram citados no famoso dossiê do pastor Stefano Saad, que junto com o doutor e pastor batista, Pedrosa denunciaram a forte presenta da seita em igrejas evangélicas anos atrás.

Porque a grande parte dos pastores dos dias atuais estão corrompendo-se


Em primeiro ponto, temos que lembrar que embora seja verdade que muitos estão corrompidos pelo poder politico e financeiro, e esse na maior parte do tempo é controlado pelo Diabo, não é atoa que certa vez Jesus afirmou de forma frenética que o mundo jaz no maligno ref 1 Jo 5;19. Ou seja, tudo que compõe nossa sociedade é sim corrupção e tem o dedo do inimigo na jogada, ainda sim não são todos, existem sim muitos pastores e até mesmo padres e lideres em outras denominação que mesmo com seus erros seja doutrinários e morais, ainda tem amor pela palavra de Deus, segundo a perspectiva que aprenderam.

Certa vez o Diabo foi ter com Jesus, ele então ousadamente levou Jesus para o mais alto local do mundo e mostrou para Cristo todas as nações e reinos, riquezas e tudo que existia de bom na terra, e ofereceu a Jesus Cristo, pois bem, como a maioria já sabe Jesus recusou firmemente, ainda sim, o Diabo levou em seu determinado tempo diversos pastores, padres e outros lideres religiosos e homens de autoridade e poder na sociedade, para a mesma situação de Jesus, oferecendo a eles riquezas e poder e tudo que existe de bom nessa terra, no entanto, diferente de Jesus Cristo, esses homens aceitaram o poder de Satanás em suas vidas, é por isso que vemos todas as injustiças, tanto no poder politico, religioso, financeiro e todas as camadas da nossa sociedade.

Recuse os luxos desse mundo se for necessário, pois a eternidade logo vem, não iluda-se com pastor, padre e nenhuma posição, seja politica ou religiosa, o único pastor e líder em qualquer esfera que temos é Cristo, agarre-se apenas Nele. Que a graça de Deus esteja com todos.

Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148.

Lucas Ajudarte sexta-feira, 9 de agosto de 2019
Não responda seus acusadores!

As acusações e como responde-las biblicamente


Durante nossas vidas encontramos muitas pessoas durante nossa jornada, algo que notei, é que as pessoas mais propensas a acusar o próximo, por suas limitações, ou erros, são justamente as pessoas mais sujas e imorais, raramente vemos pessoas que possuem boas condutas e praticam regras de moralidade serem acusadoras, nem mesmo envolvem-se nos assuntos dos próximos.

Não responda seus acusadores!


Muitos cristãos durante suas rotinas são perseguidos, seja no trabalho, escola, em casa no convívio familiar, e até mesmo na igreja onde congrega, em algum lugar estará seus acusadores, saber quem são eles, pode sim ser importante, afinal em uma guerra silenciosa, se nenhum tiro for disparado, você só saberá que está em guerra quando já tiver perdido.

Embora seja importante saber quem são seus acusadores, não entenda como um motivo para lutar, confrontar nem mesmo ir até seus inimigos tirar satisfações, a melhor forma de pregar o bom testemunho é vivendo a ideologia cristã, os fundamentos devem ser Cristo, viver o que Jesus viveu, com bons testemunhos, mesmo que o acusador te faça mal, não existirá nada que fique entre você e a verdade, no final todos nós seremos julgados segundo o que fizemos, tanto nós como eles.

Certa vez os fariseus e os mestres da lei, conspiraram contra Jesus, armando contra Ele inúmeras acusações, mesmo diante disso, Jesus permaneceu em silencio, a estrategia de Jesus foi não defender-se, apenas manter-se quieto, sendo assim, como Jesus fez, não precisamos nos defender, a própria historia de nossas obras nos julgará.

Versículos para reflexão sobre a acusação


Romanos 1:18
"Portanto, a ira de Deus é revelada dos céus contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça humana."

A justiça de Deus irá aniquilar os impios, aqueles que praticam a injustiça, entenda existe o perseguido e o perseguidor, assim como o acusado como o acusador, faça da sua vida um exemplo, para que no fim de seus dias, esteja do lado correto da historia.

Efésios 4:25
"Portanto, cada um de vós deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo Corpo."

A mentira é um doce veneno, usamos e conseguimos benefícios em usa-lá, mas ela é um contrato sanguinário, logo vem mais mentiras para sustentar outras mentiras, e quando damos conta, já estamos completamente afogados em uma onda de mentiras sem precedentes.

Salmos 94:21
"Eles, contudo, tramam contra a vida do justo e condenam os inocentes à morte!"

Seu acusador, tem como base o fim da sua alegria, talvez mesmo sua morte o faria sorrir, entenda isso, e aceite como natural, mesmo que não mude nada no contexto, o simples fato de ter isso como claro e natural, nos previne de desilusões, e também de surpresas.

Provérbios 4:14,15
"Jamais sigas pelas trilhas dos ímpios, tampouco andes pelas veredas dos maus.…"

Evite estar no meio dos impios, e apenas assim você estará próximo da imunidade contra seus acusadores, quanto menos você estiver em evidencia, menos encontrarão contra sua vida.

1 Tessalonicenses 5:22
"Afastai-vos de toda a forma de mal. Oração pela vida integral da Igreja"

A oração é o primeiro e mais importante elemento em nossas vidas para sobreviver as acusações e falsos julgamentos, tenha em mente que a saída é joelhos no chão, mesmo em seu fim, é ainda mais importante estar em paz com seu Deus.

Notas de leitura, fontes e referencias de pesquisas

→Todos os textos bíblicos que usamos são das versões KJA e Nestle 1904.
→Recomende temas para reflexões e estudos bíblicos de qualquer tema, peça pelo nosso WhatsApp.
→Nossas Reflexões sempre são livres e gratuitas, mas sempre cite nós como fonte ou referencia, por questões de direitos autorais.

Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148.

Lucas Ajudarte quarta-feira, 31 de julho de 2019
Como a mídia é usada para manipular as massas
Lições de La Casa de Papel sobre como a mídia é usada para manipular as massas populares

Uma reportagem da Record sobre o chip obrigatório nas mãos e testas, Globo fala abertamente da revolução 4.0 e o declínio da humanidade diante das maquinas de inteligencia artificial, bitcoins e cripto moedas divulgadas na TV como tendencia econômica global, credito social com pontuação de comportamento diário de cidadãos debatido ao vivo na TV, Terra plana na Netflix, sereias no Discovery Channel, o que tudo isso tem a ver com a manipulação das massas?

Explicarei a relação de todas essas coisas com a manipulação das massas, e irei até mais longe, ao colocar tudo em teor escatológico, tudo isso tem uma esfera bíblica, algumas delas são até mesmo estrategias de guerras milenares para dominar grandes números de pessoas, criando divisões, quando uma verdade ou segredo da classe dominante é descoberto, então eles usam a mídia para manipular a opinião, ou mesmo faze-la parecer um fake news.

Como a mídia é usada para manipular as massas


Fale e espalhe um monte de mentiras e então quando alguma verdade aparecer, será difícil identificar qual é a verdade, ou ainda pior, mesmo que algo realmente pareça verdade, a opinião e o interesse popular estará sem vontade de debater ou mesmo interagir com o assunto, isso ocorreu na terceira parte da seria espanhola sucesso da Netflix, chamada La Casa de Papel, para quem não conhece, basicamente é um grupo de bandidos que tentam roubar o maior banco da Espanha, em um dos episódios, os bandidos conseguem acessos a vários segredos de toda a União Europeia, e até mesmo segredos em escalas mundiais, onde possuíam informações de investigações de políticos corruptos, guerras forjadas para os mais diversos motivos, mentiras de estado, e até mesmo ações em conjunto com grupos terroristas para derrubar governos locais.

Saiba que isso não é algo que existe apenas na ficção, os governos realmente possuem segredos de estados, e se existe algo sujo no mundo, esses são os governos, muita sujeira é sim arquivada, todos os países possuem setores investigativos com essa finalidade, como no Brasil existe a ABIN, que possuem diversos arquivos de investigações e segredos de estado, agora imagine isso em escala global, o inúmeros segredos dos Estados Unidos, Russia, Alemanha e vários países extremamente sujos, então esses segredos são descobertos por alguma pessoa, ou entidade e liberado para toda a população. 

Em La Casa de Papel a saída para isso foi extremamente simples, basicamente o governo mandou diversos dados de investigações falsas, e historias que seriam facilmente desmentidas, alegando que eram esses os dados arquivados, e então todas as informações foram descredibilizadas, pois quando o publico viu que a grande maioria das informações eram mentiras, todos os conteúdos foram creditados como fake news.

Isso ocorre na vida real, diversos assuntos que deveriam ser levados a serio por toda a população, acabam sendo rotuladas por fake news, porque antes de noticiar a verdade, as imprensas falam  diversos fatos meramente teóricos, hipóteses poucos prováveis, ou mesmo mentem em tudo, dessa forma quando a verdade aparece para a comunidade, ninguém acredita nela, um exemplo bem simples que vou citar é quando a Cia foi responsabilizada por experimentos em seres humanos, o projeto foi conhecido como MK ULTRA, esse foi sim um evento com varias informações reais, mas quando a mídia como Globo, Record, SBT, e outras emissoras e até mesmo jornais famosos foram falar sobre o assunto, eles utilizavam vários fatos fictícios, lendas urbanas, para fazer a historia parecer com uma ficção, onde algumas poucas pessoas com tendencias a acreditar em qualquer coisa acreditam, mas o lado verdadeiro da noticia ficou tão mascarado, que as massas não conseguem enxergar o lado de verdade na historia.

O mesmo ocorreu quando inúmeros médicos no mundo inteiro, foram caçados e até mesmo mortos por denunciar vacinas, naturalmente mesmo que jornais renomados e creditados como de confiança falam sobre a matéria, ela sempre tenta mostrar isso como uma teoria da conspiração, para depois dizer tratar-se de uma fake news.

Para reflexão vale ressaltar que uma mídia, seja ela jornal, TV, ou mesmo esse blog, tudo que chegar de novo, duvide, critique e determine, para que apenas após muita analise pessoal, diante de varias fontes e fatos, você possa ter a sua opinião da verdade.

Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148.

Lucas Ajudarte domingo, 28 de julho de 2019
Ministério Publico denuncia vacinas do HPV

MP denuncia ineficácia das vacinas HPV diante a falta de provas de imunidade


Inúmeras pessoas foram vitimas de reação a vacinas pelo mundo, e algumas delas, nem mesmo uma pesquisa seria para provar a confiabilidade de seus resultados.

MP denuncia ineficácia das vacinas HPV diante a falta de provas de imunidade


As vacinas do HPV tiveram um grande índice de reação desde seu lançamento em 2014, varias pessoas foram vitimas de diversas doenças após a aplicação da vacina, entre elas a trombose venosa, uma doença que atinge o sistema circulatório.

O neurocirurgião Elcio Machado afirma que já atendeu 8 pessoas que tiveram o problema após a vacina contra o HPV, que é dada gratuitamente pelo ministério da saúde, que faz continuas campanhas de vacinação. Os casos foram muito comum no Acre, Minas Gerais e diversos outros estados do Brasil.

Diversos países tem demostrado duvidas acerca das vacinações, o Japão por exemplo é contra algumas vacinas, no Brasil o ministério publico após investigar, denuncia que não existe eficacia nem mesmo uma pesquisa seria que prova a imunidade das pessoas vacinadas, além de denunciar as reações perigosas.

O governo recusou a suspensão das vacinas mesmo com o alerta do ministério publico, enquanto isso, muitas pessoas tem fortes reações, mesmo sem uma prova relevante de sua eficacia, infelizmente onde existe a industria farmacêutica e dinheiro publico ao mesmo tempo, sempre teremos sujeira e podridão.

Naturalmente como sempre ocorre quando um tema sensível cai em evidencia, vários sites denunciam noticias relacionadas como fake news, para descredibilizar os dados defendidos pelo ministério publico, e o ministério da saúde emitiu uma nota defendendo as vacinas HPV, mas não realizou nenhum estudo de causa para comprovar suas eficacias até hoje, e reluta em tratativas sobre o assunto.

Diversas mães protestaram a morte ou adoecimento de suas filhas após a aplicação da vacinas no Acre, mesmo o caso sendo capaz de grande repercussão nacional, ela não foi noticiada em nenhuma emissora de televisão ou radio em escala no Brasil, apenas em jornais locais e tvs regionais no estado norte do pais, como Gazata do Acre e folha do Acre.

Obrigado por ler essa matéria, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148.

Fontes, links uteis e recomendações de pesquisas

Japão não recomenda vacina, reportagem, Revista Exame.
Suspensão de vacinas no Japão, redação, G1 Noticias.
Ministério Público Federal (MG) pede proibição da vacina do HPV em todo o Brasil, reportagem, R7.

Lucas Ajudarte quarta-feira, 24 de julho de 2019
Qual o problema de Carlos Moisés cantar "Tente outra vez"

Carlos Moisés canta musica do pai do rock o bruxo Raul Seixas


Recentemente um renomado cantor gospel, chamado Carlos Moisés, envolveu-se em uma polemica por ter cantado uma musica do já falecido cantor Raul Seixas. Recebi muitas mensagens com o  vídeo pelo WhatsApp, e então alguns pedidos para explicar, porque um cristão não deve cantar uma musica secular.

Uma triste e forte influencia extremo liberal


Para quem não conhece o grupo evangélico "Banda Voz da Verdade" pertence a uma igreja unicista, com o mesmo nome, geralmente a grande maior parte dos ministérios evangélicos unicitarios são ortodoxos, mesmo os liberais, ainda tem um lado conservador, principalmente em conceitos ideológicos gerais, e nesse sentido, o Voz da Verdade não possui doutrina nenhuma, para muitos isso pode ser bom, mas todo o liberalismo desenfreado é perigoso e pode tornar-se uma mundanização da igreja.

Carlos Moisés canta musica do pai do rock o bruxo Raul Seixas


Foi errado cantar "Tente outra vez de Raul Seixas?''


Para quem acompanha o grupo voz da verdade já a algumas décadas ou mesmo poucos anos, já devem saber a posição de Carlos Moisés sobre a musica secular, ele entende que a musica só é ruim, se a letra for ideologicamente ruim, e nesse ponto não tenho que discordar, não houve erro cantar a musica tente outra vez, pois a letra da musica em si, não possui uma ideologia ruim.

Mas eu afirmo que foi extremamente desnecessário, uma vez que o grupo voz da verdade possui diversos hinos conhecidos e lindos, além de que na própria harpa cristã e também na musica gospel em geral, possuímos milhares hinos ungidos e capazes de tocar o coração de todos.

Uma péssima fonte musical


Ouvi a musica de Raul Seixas como tira teima, e claro já conhecia sua historia tanto do cantor, quanto do seu principal parceiro em vida, o autor e compositor Paulo Coelho, gostaria de ressaltar que tanto Raul Seixas como Paulo Coelho, não são cristãos, e são completamente distintos dos ideais cristãos, Raul Seixas viveu uma vida devassa, com problemas com drogas e distúrbios sexuais, além de tanto ele como seu parceiro, eram assumidamente bruxos.

Carlos Moisés cita Raul Seixas como "filosofo"



Carlos Moisés cita Raul Seixas como "filosofo"


O grande erro de Carlos Moisés não foi cantar a musica em si, mas temos que lembrar que ele excedeu sim na posição de pastor, citar alguém como Raul Seixas como grande filosofo, justamente porque Raul e Cristo, são opostos, o caminho de Raul e os ideais de vidas de um cristão.

Porque um cristão não deve cantar e ouvir musicas seculares?


Pois bem, não posso dizer que é pecado, mas sim existe sim advertências que devemos tomar para vivermos pecando menos, desviando do que é errado. Acredito que as musicas são uma importante armadilha do Diabo, quase todas as bandas seculares possuem uma ou duas musicas, com letras atraentes aos ouvidos, falando de amor, e de coisas boas, que pode não ferir o ideal cristão, mas em contra partida, outras dezenas de musicas que falam de sexo, drogas, mentira, ostentação, amor a coisas ilícitas, entre outras ideologias anticristãs.

Uso como exemplo o próprio Raul Seixas, que em uma musica ou outra pode ter letras boas e até mesmo confundem muitos sobre seus pontos de vistas, mas em compensação, existem outras diversas musicas sujas e imorais em suas discografias.

Nas musicas de Raul Seixas era comum referencias a um dos maiores satanistas do mundo Aleister Crowley, era um ocultista, Paulo Coelho e Seixas aprenderam muito sobre ele nas sociedades maçônicas que ambos faziam parte.

Aleister Crowley foi um dos maiores satanistas da historia
Aleister Crowley foi um dos maiores satanistas da historia


Faço um apelo aos cristãos, que não ouçam musicas seculares, mesmo as de boas letras, pois o inimigo é sutil, e usa de sua sutileza e engano, para enganar o povo de Deus, espero que todos os cristãos de bem, como Carlos Moisés, e o restante do Voz da Verdade, possam acordar e entender esses pontos, antes que a ignorância no coração dos homens, o corrompa por seus exageros liberais.

Obrigado por ler essa matéria, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148. 

Lucas Ajudarte quinta-feira, 18 de julho de 2019
E se o homem nunca tiver ido a lua?

Razões para crer que o homem nunca foi a lua


Citarei alguns argumentos para contrariar algo que a grande maioria das pessoas entendem como verdade absoluta, muitas vezes não por culpa própria, e sim porque isso é devido a seu aprendizado, onde naturalmente com seus pais, seus professores, na televisão e de outras diversas fontes desde cedo, ela vê repetidamente e sem um questionamento, logo isso é então entendido como verdade absoluta, mas isso não é motivo para não questionarmos, pois o principio do conhecimento é da auto questionação, devemos perguntar, debater e analisar todos os fatos se possível, para então chegarmos a uma conclusão, e não entender tudo de forma mastigada como ocorre nas nossas instituições de ensino e sistemas de educação convencionais.

Razões para crer que o homem nunca foi a lua


Vejamos 5 argumentos que podem sim indicar que o homem jamais foi a lua, claro que um ou mais argumento pode sim ser debatido ou questionável, mas é praticamente impossível derrubar todos, nem mesmo os argumentos de cunho científicos, são impossível de ser refutados.

Caso o homem realmente tenha ido a lua, onde estão as gravações dos astronautas envolvidos 


Os astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin pousaram o módulo lunar Eagle em 20 de julho de 1969 às 20h17min UTC. Foram feitas gravações do pouso e da caminhada do homem a lua, além da bandeira americana cravada nas terras lunares.

A historia pode ser bonita, mas por alguma razão a NASA perdeu todos os arquivos daqueles eventos, segundo a própria Nasa, eles tiveram que apagar os dados e as gravações da primeira ida do homem a lua, para reutilizar as fitas com outros documentos, e quem disse isso foi nada mais nada menos que Grey Hautaloma, um porta voz do governo americano.

A Nasa tem perdido completamente a credibilidade na historia


Por diversas vezes, varias imagens usadas pela Nasa foram taxadas de fakes, e inclusive em algumas ocasiões a própria Nasa assumiu uso de imagens fakes.

Mas certa vez Armstrong e Aldrin, os astronautas por trás da missão da ida a lua, foram visitar um primeiro ministro da Holanda, e presentearam o mesmo com uma rocha, que segundo eles e a própria Nasa, eram da ida a lua, o rochedo foi então doado ao museu da Holanda.

Então com o passar do tempo, foi feito um estudo sobre o rochedo, e descobriu-se que era uma rocha falsa, feita basicamente de madeira petrificada, portanto uma mera falsificação, e pior entregue pela própria Nasa, isso deixa em duvidas a credibilidade da instituição.

Uma serie de imagens suspeitas revelam fatores divergentes na lua, que indicam alto risco de farsa


Quando analisamos as imagens do "filme" da ida a lua, patrocinado pela Nasa, vemos algumas coisas suspeitas, a lua não possui atmosfera, naturalmente não tem vento também, e a unica fonte de luz é do sol e em uma menor quantidade, das estrelas. Vejamos abaixo algumas estranhas e bizarras situações nas imagens abaixo.

Ventania na lua indica alta possibilidade de farsa:

Ventana na lua indicam farsa da ida do homem a lua

Esse é o discurso da Nasa e da ciência copernicana, não existe vento no espaço, por uma serie de fatores, mas de uma forma resumida, no caso da lua, é por que não existe atmosfera e ao mesmo tempo ela possui uma gravidade bem diferente da terra.

Sombras em diferentes pontos das imagens e ângulos:

Diferentes sombras em ângulos opostos

Quando analisamos a imagem acima, vemos que a luz vem de diversos pontos, isso por conta de uma dedução bem simples, repare a sobra da bandeira e do madeiro, ela notavelmente vai para um angulo diferente um do outro, indicando outras fontes de luz, o que seria natural em um estúdio por exemplo, mas não na lua, onde a unica fonte é justamente o sol.

Existem diversas outras imagens, para ser mais preciso, praticamente todas as imagens são questionáveis, inclusive vários céticos e grupos descrentes a ida a lua, pediram para que a Nasa liberassem as imagens originais para analise, com o objetivo de averiguar os videos e imagens contidas, a resposta da Nasa, foi que eles perderam tudo, isso mesmo, eles afirmam não possuir mais esses dados. Talvez criaremos um artigo um futuro apenas analisando imagens, com opiniões de especialistas na área de cinema, que podem nos tirar melhores conclusões sobre o tema.


Um problema chamado Cinturão de Van Hallen 


Isso é algo que aprendemos na escola e não percebemos na hora, mas com o passar do tempo passei a observar, que isso realmente faria sentido, para quem não sabe, o cinturão de Van Hallen é uma camada que protege a terra, ela é muito grossa e ao mesmo tempo sua radiação é feroz, além de também fisicamente ser dura e instável para atravessar tanto para sair da terra como para algo entrar, inclusive é esse o argumento para que os asteroides são na maioria das vezes destruídos quando caem na terra.

Portanto essa dificuldade que essa verdadeira parede invisível causa, faz impossível ultrapassar ela, a não ser com algo extremamente resistente, o material mais resistente na terra é o titânio, e mesmo ele dificilmente seria suficiente para realizar esse feito, isso porque é impossível fazer uma nave inteira de titânio, e segundo a própria Nasa, apenas 3% do material são feitos de titânio.

Varias operações e testes militares foram realizados em regiões onde o cinturão de Val Hallen é mais baixo, existem diversos arquivos disponíveis na internet que mostram que mesmo misseis de guerra não conseguem ultrapassar o cinturão mesmo em suas regiões mais baixas e finas.

Os testes realizados ficaram conhecidos como operação domenique e fishbowll, onde os militares russos e americanos, perceberam que ao lançar misseis em determinadas altitudes, elas explodiam na atmosfera, como se existisse uma barreira no céu que impedissem os misseis de longo alcance de prosseguir.

Veja abaixo algumas fotos dessas operações:

explosão em grande altitude

imagem a distancia da operação domenique

vista da explosão da operação domenique de um avisão


A temperatura na exosfera é altíssima e impossível de passar ileso


Em resumo posso afirmar que as temperaturas nas camadas da estratosfera, exosfera, mesosfera, termosfera e troposfera variam muito, por exemplo na  estratosfera a temperatura vai até no máximo 10 °C,  e vai subindo conforme as camadas, na exosfera por exemplo ela pode chegar a 1.500 °C, podendo até mesmo ser comum que ultrapasse 1.800 °C.

Na termosfera por exemplo é a ultima camada a temperatura chega a 2.500 °C, vendo esse contexto todos podem perguntar, qual a relação das eventuais temperaturas das atmosferas com a ida do homem a lua.

Para entender o relação temos que entender que nada na terra é resistente suficiente para resistir a 2.500 °C, conforme já falado o material mais resistente que existe em nosso planeta é o titânio, mas justamente nem mesmo o titânio resistiria a essa alta temperatura, pois o titânio derreteria em contato com por volta 1.500 °C.

A maior parte de uma nave espacial, é feita de plastico, que derrete com contato a temperaturas a partir de 50°C, fica portanto no minimo suspeito ao fato de não termos explicações serias suficientes de como as naves da Nasa conseguiria ir para o espaço, e um problema maior ainda, como naquela época, com uma tecnologia muito mais fraca e sensível, com pouquíssimo conhecimento tanto das temperaturas nas camadas celestes e também do cinturão de Van Hallen, a Nasa conseguiria não só enviar uma nave a lua, como também conseguiu trazer ela de volta.

Breve considerações finais

Existem diversas questões que poderíamos questionar, em breve traremos mais conteúdos sobre esses e outros assuntos, traremos mais razões com novas partes desse artigo, e também explicaremos melhor, sobre cada um dos 5 tópicos abordados, no minimo podemos perceber que existe algo estranho e bizarro na ida do homem a lua.

Obrigado por ler essa matéria, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148.

Lucas Ajudarte