Mídias sociais

Evidencias cientificas de "Adão e Eva"

Ciência sobre Adão e Eva


De acordo com a crença da criação das religiões abraâmicas, Adão e Eva foram o primeiro homem e mulher e os ancestrais de todos os humanos. Enquanto os não-crentes refutam a ideia de um Deus que criou os seres humanos no Jardim do Éden, a pesquisa científica revelou que todos os humanos vivos hoje são descendentes de um homem e uma mulher que podem ter vivido ao mesmo tempo há mais de 100.000 anos.

Adão e Eva

Relacionado: Evidencias arqueológicas sobre existência de Davi.


Em 1987, estudos sobre o DNA mitocondrial (que acompanha a ancestralidade materna) sugeriram que todos os seres humanos eram descendentes de uma mulher que pode ter vivido na África há cerca de 200 mil anos. Pesquisas similares foram realizadas no cromossomo Y de homens (que acompanham a ancestralidade paterna), de vários lugares, mas aqui as estimativas de pesquisa variam bastante - de 60.000 anos a 580.000 anos atrás. No entanto, em 2013, um estudo publicado na revista Science mostrou que quase todo homem vivo hoje pode traçar suas origens para um homem que viveu cerca de 135.000 anos atrás, e que este homem antigo estava vivo ao mesmo tempo que a mulher que conhecia. como a "mãe de todas as mulheres", fornecendo evidências de um antigo "Adão e Eva", popularmente conhecido como Adão cromossômico Y e Eva mitocondrial.



Estudo mais abrangente sobre o cromossomo sexual masculino


A equipe de pesquisa chegou às suas conclusões, realizando o estudo mais completo até o momento sobre o cromossomo sexual masculino. O estudo envolveu o sequenciamento do genoma inteiro do cromossomo Y para 69 homens de sete populações globais. Ao assumir uma taxa de mutação ligada a eventos arqueológicos (como a migração de pessoas), a equipe concluiu que todos os homens em sua amostra global compartilhavam um único ancestral masculino na África, aproximadamente 125.000 a 156.000 anos atrás.

Eva mitocondrial


Uma análise semelhante também foi realizada para rastrear um ancestral comum de todas as mulheres, conhecido como "Eva mitocondrial". O DNA da mitocôndria, o centro de energia de uma célula, é transportado dentro do óvulo de uma fêmea, de modo que apenas as mulheres o transmitem aos filhos. O DNA contido nas mitocôndrias pode, portanto, revelar a linhagem materna à antiga "Eva", que se acredita ter vivido na África entre 99.000 e 148.000 anos atrás - quase o mesmo período em que o cromossomo Y "Adão" vivia. 

Temos a mesma origem


 Embora a ciência que estuda sobre o DNA chegue a conclusão que todos nós temos um ancestral em comum, é mais correto o entendimento que todos descendemos do mesmo homem e mulher, ainda existe necessidade de um concesso sobre o período em que os dois viveram, mas ainda sim é uma evidencia fantástica sobre a "Eva do Gênesis" algo inexplicável para os evolucionismo.


Veja também: 20 Curiosidades sobre os rolos do mar morto


Conclusão: Existem evidencias cientificas para afirmar literalmente, que "todos os humanos, descendem de uma mesma mulher"

compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba reflexões cristãs por whatsapp (19)993702148.
Evidencias cientificas de "Adão e Eva" Evidencias cientificas de "Adão e Eva" Reviewed by Lucas Ajudarte on junho 06, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.