O nome de Deus (Bíblia comentada - Êxodo 23)

Introdução a Êxodo 23 comentado


Moisés fala ao povo desde leis diversas, até lança profecias, uma delas, uma profecia messiânica, "Êxodo 23:21:  Guarda-te diante dele, e ouve sua voz; não lhe sejas rebelde; porque ele não perdoará vossa rebelião: porque meu nome está nele." O nome de Deus ganha foco na bíblia.

O nome de Deus (Bíblia comentada - Êxodo 23)
Exodo 23 comentado




Êxodo 23 comentado


EXO 23:1 Não admitirás falso rumor. Não serás cúmplice com o ímpio para ser falsa testemunha.
EXO 23:2 Não seguirás aos muitos para mal fazer; nem responderás em litigio inclinando-te à maioria para fazer injustiças;
EXO 23:3 nem ao pobre privilegiarás em sua causa. A bíblia segue com as advertências diversas, contra o falso testemunho  e contra o falso rumor, os rumores costumam tirar as pessoas do foco, isso prejudicará Israel, o povo terá medo de invadir a Terra de Canaã por rumores de que seria lar de gigantes e reis poderosos, e por conta disso, o coração do povo seria enfraquecido, os rumores tendem a tirar nosso foco, e nos afastar das verdadeiras possibilidades. Não deve-se privilegiar ninguém nem fazer accepção de pessoas, independente da classe social, seja rico ou pobre, seja branco ou negro. Ou israelita ou estrangeiro.
EXO 23:4 Se encontrares o boi de teu inimigo ou seu asno extraviado, traze-o de volta.
EXO 23:5 Se vires o asno do que te aborrece caído debaixo de sua carga, lhe deixarás então desamparado? Sem falta ajudarás com ele a levantá-lo.
EXO 23:6 Não perverterás o direito de teu pobre em seu pleito.
EXO 23:7 De palavra de mentira te afastarás, e não matarás ao inocente e justo; porque eu não justificarei ao ímpio. Ainda que não seja você a fazer mal ao seu inimigo, não devemos deixar de ajuda-lo quando aparece a oportunidade de fazer o certo, temos que estar sempre aptos a praticar a justiça, e fazer o bem ao próximo, independente de quem seja, amigo ou inimigo.
EXO 23:8 Não receberás suborno; porque o suborno cega aos que veem, e perverte as palavras justas.
EXO 23:9 E não angustiarás ao estrangeiro: pois vós sabeis como se acha a alma do estrangeiro, já que estrangeiros fostes na terra do Egito. Aquela geração sabe o que é ser um estrangeiro, porque passou aflição, estando desamparado por não ser visto como um deles, eram maltratados, foram escravizados, ajudar o estrangeiro é um a função vital de moralidade, essa é uma razão para Deus destruir Sodoma e Gomorra, além de outros motivos, por lá não se tratava bem os viajantes.
EXO 23:10 Seis anos semearás tua terra, e recolherás sua colheita:
EXO 23:11 Mas no sétimo a deixarás vazia e liberarás, para que comam os pobres de teu povo; e do que restar comerão os animais do campo; assim farás de tua vinha e de teu olival.
EXO 23:12 Seis dias farás teus negócios, e ao sétimo dia folgarás, a fim que descanse teu boi e teu asno, e tome refrigério o filho de tua serva, e o estrangeiro. Em Israel levantaria homens ricos e bem sucedidos, mas ainda que fossem os donos da terra, Deus não compactua com as ideias capitalistas, onde o homem põe uma placa a terra que é de Deus, e diz que é dele, ou quando o homem pega uma fruta de uma arvore, e põe o nome dele, dizendo que é ele o dono, é Deus que é o dono de todas as coisas, o homem apenas tem como cuidador temporário, a Deus todas as coisas retornará, 6 anos os homens poderão fazer o que quiser, vender, comprar e tomar como posse, mas em um eventual 7 ano, tudo que for produzido será entregue aos pobres, aos estrangeiros que estiverem passando necessidade, aos órfãos e as viúvas.
EXO 23:13 E em tudo o que vos disse sereis avisados. E nome de outros deuses não mencionareis, nem se ouvirá de vossa boca.
EXO 23:14 Três vezes no ano me celebrareis festa.
EXO 23:15 A festa dos pães ázimos guardarás: Sete dias comerás os pães sem levedura, como eu te mandei, no tempo do mês de Abibe; porque nele saíste do Egito: e ninguém comparecerá vazio diante de mim:
EXO 23:16 Também a festa da colheita, os primeiros frutos de teus trabalhos que houveres semeado no campo; e a festa da colheita à saída do ano, quando haverás recolhido teus trabalhos do campo.
EXO 23:17 Três vezes no ano comparecerá todo homem teu diante do Senhor DEUS.
EXO 23:18 Não oferecerás com pão levedado o sangue de meu sacrifício, nem a gordura de meu animal sacrificado ficará da noite até a manhã.
EXO 23:19 As primícias dos primeiros frutos de tua terra trarás à casa do SENHOR teu Deus. Não cozerás o cabrito com o leite de sua mãe. Deus prega que existe uma necessidade de uma união com o povo, os homens precisam, estar unidos em amor, e santidade, um povo unido é um povo forte, e a criação de festivais, feriados e festas comunitárias, é uma forma de unir o povo, e disseminar a paz entre as famílias de Israel. Leis que colocam padrões para cada um que irá entregar sacrifícios, oferendas, ou mesmo contribuições nas festas, é uma forma inteligente, de não constranger ninguém, todos levariam as mesmas coisas, não havendo vergonha para o mais pobre ou o mais rico, uma vez que todos tem acesso as oferendas possíveis.

Josué e o nome de Deus

EXO 23:20 Eis que eu envio o anjo diante de ti para que te guarde no caminho, e te introduza no lugar que eu preparei.
EXO 23:21 Guarda-te diante dele, e ouve sua voz; não lhe sejas rebelde; porque ele não perdoará vossa rebelião: porque meu nome está nele.
EXO 23:22 Porém se em verdade ouvires sua voz, e fizeres tudo o que eu te disser, serei inimigo a teus inimigos, e afligirei aos que te afligirem.  Os versos 19 de Êxodo 23 para o verso 20 em diante, são transições, até o verso 19 falam de leis diversas, agora chegamos a adoração, profecias, isso mesmo, o verso 20 diz "Eis que envio um anjo diante de ti..." referindo se a Josué e o povo hebreu, ele era profetizado como o líder que invadirá a Terra de Canaã, ele é chamado de anjo, pois o significado de anjo, é "enviado de Deus" não sendo apenas figuras espirituais, e celestiais. Um enviado de Deus, para um proposito, pode ser visto como um anjo. Ao verso 20 de Êxodo 23 é feito uma profecia messiânica. Josué: Significa “Deus é a salvação”, "Javé é salvação" ou “Jeová é auxílio”.
O nome Josué tem origem a partir do hebraico Yehoshu’a ou Yesua, que significa “Deus é salvação”. Possuindo o mesmo significado de Jesus, forma aramaica de Josué, esse é, assim um dos nomes dados para Jesus antigamente. 
Trata-se de um bonito nome predominantemente masculino que reflete uma aproximação com o divino.
No Velho Testamento, Josué foi um dos 12 espiões enviados à Canaã por Moisés e tornou-se líder do povo de Deus depois que Moisés morreu. O famoso Livro de Josué, ou Livro de Yehoshua, narra a história da invasão à terra de Canaã, sob a liderança de Josué:
“E sucedeu depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que o SENHOR falou a Josué, filho de Num, servo de Moisés, dizendo:
Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel.” (Josué 1:1,2)
Originalmente, Josué era chamado na história da Bíblia pelo nome de Oséias. No entanto, foi Moisés o responsável por mudar o seu nome, passando a chamá-lo de Josué. 
EXO 23:23 Porque meu anjo irá adiante de ti, e te introduzirá aos amorreus, e aos heteus, e aos perizeus, e aos cananeus, e aos heveus, e aos jebuseus, aos quais eu farei destruir.
EXO 23:24 Não te inclinarás a seus deuses, nem os servirás, nem farás como eles fazem; antes os destruirás por completo, e quebrarás inteiramente suas estátuas. Sobre os cananeus, Deus não queria que eles tivessem relações com Israel, para que suas crenças pagãs não fossem disseminadas no meio dos hebreus, por essa razão Deus quer o fim daquela civilização pecaminosa. Cananeus ou canaanitas (em hebraico: כנענים, transl. Kna'anim, hebraico tiberiano Kənaʻănîm), segundo a Bíblia, teriam sido uma das sete divisões étnicas ou "nações" expulsas pelos israelitas após o Êxodo (outras destas nações foram os hititas, girgaseus, amoritas, perisitas, hivitas e os jebusitas (Deuteronômio, 7:1). Eram os habitantes do reino antigo de Canaã, situado no Oriente Médio, correspondendo aproximadamente ao território de Israel nos dias de hoje.
O trecho do Livro do Gênesis, na Bíblia hebraica, conhecido como Tabela das Nações, descreve os cananeus como descendentes de um ancestral comum chamado Canaã (em hebraico: כְּנַעַן, Knaan), afirmando (Gênesis, 10:15–19):
"Canaã gerou a Sidom, seu primogênito, e Hete, e ao jebuseu, o amorreu, o girgaseu, o heveu, o arqueu, o sineu, o arvadeu, o zemareu e o hamateu. Depois se espalharam as famílias dos cananeus. Foi o termo dos cananeus desde Sidom, em direção a Gerar, até Gaza; e daí em direção a Sodoma, Gomorra, Admá e Zeboim, até Lasa."
O estudioso bíblico Richard Friedman argumenta que este trecho do Gênesis, que mostra a origem dos cananeus, teria escrito pela hipotética Fonte Sacerdotal.
O 'Sidom' mencionado pela Tabela como o primogênito de Canaã tem o mesmo nome que a cidade litorânea de Sidom, no atual Líbano. Esta cidade dominava a costa da Fenícia, e deteve a hegemonia sobre diversos grupos étnicos que pertenciam à "Terra de Canaã".
Populações canaanitas teriam habitado, da mesma maneira:
Os litorais do Mediterrâneo (Josué, 5:1), incluindo a Fenícia (Isaías, 23:11) e a Faixa de Gaza (Filisteia) (Sofonias, 2:5).
o Vale do Jordão (Josué, 11:3); Números, 13:29; Gênesis, 13:12).
De acordo com o Livro dos Jubileus, a conquista israelita de Canaã, bem como a maldição, são atribuídas à sua recusa de se unir aos irmãos mais velhos nas terras de Cã, além do Nilo, preferindo "ocupar" as terras herdadas por Sem no litoral oriental do Mediterrâneo.
Um dos 613 mitzvot (mais precisamente o de número 596) prescreve que os habitantes das cidades que formavam as seis nações cananeias, tal como mencionado em 7:1 (com a exceção dos girgaseus), deveriam permanecer vivas.
Enquanto a Bíblia hebraica contrapõe os canaanitas, etnicamente, aos antigos israelitas, estudiosos modernos consideram o reino de Israel e Judá um subgrupo da cultura canaanita, tanto com base na arqueologia quanto na linguística.
EXO 23:25 Mas ao SENHOR vosso Deus servireis, e ele abençoará teu pão e tuas águas; e eu tirarei toda enfermidade do meio de ti.
EXO 23:26 Não haverá mulher que aborte, nem estéril em tua terra; e eu cumprirei o número de teus dias.
EXO 23:27 Eu enviarei meu terror diante de ti, e abaterei a todo povo onde tu entrares, e te darei o pescoço de todos os teus inimigos.
EXO 23:28 Eu enviarei a vespa diante de ti, que lance fora aos heveus, e aos cananeus, e aos heteus, de diante de ti:
EXO 23:29 Não os expulsarei de diante de ti em ano, para que não fique a terra deserta, e se aumentem contra ti as feras do campo.
EXO 23:30 Pouco a pouco os expulsarei de diante de ti, até que te multipliques e tomes a terra por herança.
EXO 23:31 E eu porei teu termo desde o mar Vermelho até o mar de filístia, e desde o deserto até o rio: porque porei em vossas mãos os moradores da terra, e tu os expulsarás de diante de ti.
EXO 23:32 Não farás aliança com eles, nem com seus deuses.
EXO 23:33 Em tua terra não habitarão, não seja que te façam pecar contra mim servindo a seus deuses: porque te será de tropeço.

Todos os capítulos de Êxodo comentado




1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - 14 - 15 - 16 - 17 - 18 - 19 - 20 - 21 - 22 - 23 - 24 - 25 - 26 - 27 - 28 - 29 - 30 - 31 - 32 - 33 - 34 - 35 - 36 - 37 - 38 - 39 - 40.


Notas e referencias do autor

- Segue os créditos a Bíblia livre, tradução usada em nossos comentários.      
- Os comentários são sempre escritos em negrito.      
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver.      
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.
- Referencias externas, Nome de Josué, Dicionario dos nomes
- Referencia externa, Cananeus, Enciclopédia livre
- Referencia interna, Gênesis comentado
- Referencia interna, O nome de Jesus

Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.

Patrocinado

Conteúdos correspondentes

Recomendações para você