Afinal o que a arqueologia fala sobre onde Jesus nasceu? - Reflexões Cristãs - Estudos e Mensagens Bíblicas Afinal o que a arqueologia fala sobre onde Jesus nasceu?

Translate

Afinal o que a arqueologia fala sobre onde Jesus nasceu?

O que a arqueologia e a historia dizem sobre onde Jesus nasceu

De acordo com a Bíblia, Jesus nasceu em Belém da Judéia. Tanto Mateus (Mt 2: 1) e Lucas (Lc 2: 4) são claros neste ponto. Além disso, de acordo com Miquéias 5: 2, “o governante de Israel” viria de Belém, que ficava no território da tribo bíblica de Judá. Assim, os principais sacerdotes e mestres da lei informaram ao rei Herodes que o Cristo deveria nascer em Belém, na Judéia (Mt 2: 5).


Críticos sugerem que o evangelhos erraram e Jesus nasceu em outro local.

Aviram Oshri acredita que Jesus não nasceu em Belém da Judéia, mas sim Belém da Galiléia. Ele afirma que as evidências arqueológicas sugerem que Belém da Judéia nem mesmo era habitada no primeiro século e que faz mais sentido que uma mulher grávida viajasse de Nazaré para a vizinha Belém da Galiléia, em vez de Belém da Judéia, que fica a 150 km de distância. 


Cidade de Belém nos dias atuais
Cidade de Belém nos dias atuais



 Outros apontam que a maioria dos escritores do Novo Testamento silencia sobre o local de nascimento de Cristo e que ele era conhecido como “Jesus de Nazaré”, sugerindo que é mais provável que ele tenha nascido lá.

A respeito de Nazaré, James Murphy Connor observa: “... o silêncio de Paulo, Atos, Marcos, João e alguns historiadores judeus e romanos que falham em mencionar o local de nascimento de Jesus é irrelevante. As deduções do silêncio atrairão apenas aqueles que já se decidiram. O máximo que podemos derivar dessas fontes é que se acreditava que Jesus veio de Nazaré. ” 3O vezes mencionados “Jesus de Nazaré” dá a entender que ele era daquela cidade, o que é verdade, embora não tenha nascido lá. Seus pais eram de Nazaré (Lucas 1:26; 2: 4), e ele cresceu em Nazaré (Mateus 2:23).

 De maneira semelhante, minha esposa nasceu em Conchal, mas hoje mora em Mogi Guaçu SP, mas só morou lá por alguns anos  antes de seus pais se mudarem. crescendo em Mogi e não Conchal. Não há contradição entre Jesus nascer em Belém da Judéia e as pessoas se referindo a ele como "Jesus de Nazaré".


🕮 Recomendações de artigos relacionados: 

👉 Escrito milenar sobre o Recinto de Abraão em Karnak.

👉 A queda de Israel e o fim da casa de Davi.

👉 Evangelhos Perdidos - Uma outra versão de Jesus.

👉 Inscrições de Consul confirmam personagem citado por Paulo.

👉 As descobertas arqueológicas sobre o Tanque de Siloé.

👉 Evidencias milenares da existência de Jesus.


Belém na galileia, faria mais sentido de acordo com a arqueologia?

Belém da Galiléia estava localizada a cerca de 5 milhas (8 km) a noroeste de Nazaré, no território atribuído a Zebulom (Josué 19:15). Embora seja mais perto de Nazaré, não é preciso imaginar que seria improvável para uma mulher no estado de Maria fazer a viagem para Belém da Judéia. Na verdade, as pessoas de Nazaré faziam a viagem a Jerusalém para as festas três vezes por ano. 

Sem dúvida, muitas mulheres grávidas fizeram a jornada. Apesar de nossa incredulidade no mundo moderno quanto à dificuldade de caminhar (ou montar um burro, se os cartões de Natal forem corretos), as pessoas no mundo antigo não se importavam em viajar grandes distâncias. Além disso, nenhuma tradição antiga coloca o nascimento de Cristo em Belém da Galiléia; antes, os escritores dos evangelhos são claros de que foi em Belém da Judéia que Jesus nasceu.


Belem da Judeia, e o porque não é um fato absurdo

Belém da Galiléia estava localizada a cerca de 5 milhas (8 km) a noroeste de Nazaré, no território atribuído a Zebulom (Josué 19:15). Embora seja mais perto de Nazaré, não é preciso imaginar que seria improvável para uma mulher no estado de Maria fazer a viagem para Belém da Judéia. Na verdade, as pessoas de Nazaré faziam a viagem a Jerusalém para as festas três vezes por ano. 

Sem dúvida, muitas mulheres grávidas fizeram a jornada. Apesar de nossa incredulidade no mundo moderno quanto à dificuldade de caminhar (ou montar um burro, se os cartões de Natal forem corretos), as pessoas no mundo antigo não se importavam em viajar grandes distâncias. Além disso, nenhuma tradição antiga coloca o nascimento de Cristo em Belém da Galiléia; antes, os escritores dos evangelhos são claros de que foi em Belém da Judéia que Jesus nasceu.

Belém da Judéia está localizada a cerca de 5 milhas (8 km) ao sul de Jerusalém, na área tribal de Judá. Sua história remonta aos tempos do Antigo Testamento, com sua primeira menção em Gênesis 35:19, onde também é chamada de Efrata / Efrata. Belém, que significa “casa do pão”, é o cenário principal para o livro de Rute (bisavó de Davi) e a cidade natal do Rei Davi (1 Sam. 16: 1-4).

Em maio de 2012, a Autoridade de Antiguidades de Israel anunciou a descoberta de uma bolha (uma argila impressão de selo) com o nome de Belém que data do 7 º ou 8 º século aC.  É uma “bula fiscal” e uma bula administrativa que foi usada para selar um carregamento de impostos de Belém para Jerusalém. Esta é a referência mais antiga à cidade de Belém fora da Bíblia. 


Belém na era do Novo Testamento

Embora as evidências arqueológicas da vila de Belém, no século I dC, sejam escassas (principalmente devido à falta de escavações), elas não estão ausentes, como alguns afirmam. Uma pesquisa arqueológica de Belém em 1969 produziu cerâmica de vários períodos de tempo, incluindo a Idade do Ferro II (1000-586 AC), Período Romano (63 AC - 324 DC) e Período Bizantino (324-638 DC). 

Em 2015-2016, as escavações perto da Igreja da Natividade foram realizadas sob a direção do Dr. Shimon Gibson e da Dra. Joan Taylor. Sua equipe descobriu uma abundância de oleiro e artefatos que datam do primeiro século DC.  Em uma entrevista no local, Gibson afirmou: “Este é o canto sudoeste da Igreja da Natividade ... Estamos abrindo uma trincheira até os níveis iniciais e temos, sem dúvida, cerâmicas que datam da época de Jesus . O que pudemos provar até agora é a existência de uma aldeia da época de Jesus. Isto é muito importante." 


O local do nascimento de Jesus Cristo, em uma caverna

A ideia de que Cristo nasceu em uma caverna em Belém da Judéia é uma tradição antiga. Em 150 DC, Justin Martyr escreveu que Cristo nasceu em uma caverna perto de Belém. Em 248 DC, Orígenes escreveu, “em conformidade com a narrativa do Evangelho a respeito do Seu nascimento, é mostrada em Belém a caverna onde Ele nasceu, e a manjedoura na caverna onde Ele estava envolto em panos. E esta visão é muito falada nos arredores, até mesmo entre os inimigos da fé, sendo dito que nesta caverna nasceu Jesus que é adorado e reverenciado. ” 

No quarto século DC, Jerônimo mudou-se para Belém e viveu em uma gruta próxima à caverna do nascimento de Cristo. Ele escreveu sobre a "própria caverna onde o menino Cristo deu seu primeiro grito" e que Belém era, portanto, o "lugar mais venerável em todo o mundo".  Em seu livro, "Where God Came Down: The Archaeological Evidence", Joel P. Kramer observa que uma série de cavernas sob a Igreja da Natividade "foram escavadas em 1949-1950 por Bellarmino Bagatti, que encontrou evidências de que em uso no primeiro século DC. ” 

📖Outras reflexões relacionadas sobre o tema:  

👉 Achados arqueológicos sobre os selos do Rei Manassés.

👉 O cerco de Jerusalém (Veja com foi) 

👉 Descobertas apontam a existência dos reis de Israel

👉 A bíblia realmente foi adulterada?


Este blog produz opiniões e textos independentes em uma perspectiva cristã com atualizações todos os domingos, obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp ou Telegram (19) 993702148.

Comentarios

Postagem Anterior Próxima Postagem