As lições que aprendemos com o Apostolo Paulo - Reflexões Cristãs - Estudos e Mensagens Bíblicas As lições que aprendemos com o Apostolo Paulo

Translate

As lições que aprendemos com o Apostolo Paulo

Importantes lições do apostolo Paulo para os dias atuais 

O apostolo Paulo é sem duvida o que mais influenciou os cristãos atuais, até por isso, muitos teólogos afirmam que ele é o apostolo dos gentios, não irei expor muito o aspecto teológico sobre a figura de Paulo, e sim irei falar sobre suas qualidades.


Ele não viveu para agradar o homem. 

( Gálatas 1:10 ) Quando me deparei com esse versículo pela primeira vez, ri de como Paulo parecia atrevido. Por baixo da aparente atrevimento, há uma certa ousadia. Visto que é crucial criar o hábito de ler versículos bíblicos singulares no contexto da passagem em que eles residem, vamos dar uma olhada nos versículos que vêm antes e depois do versículo 10. Os versículos 8-9 dizem: “ Que a maldição de Deus caia sobre qualquer um, incluindo nós ou mesmo um anjo do céu, que prega um tipo de Boa Nova diferente daquela que pregamos a você.  Repito o que dissemos antes: se alguém pregar qualquer outra Boa Nova além daquela que você recebeu, seja amaldiçoado. ” Os versículos 11-12 dizem: “Queridos irmãos e irmãs, quero que entendam que a mensagem do evangelho que prego não se baseia em mero raciocínio humano.  Não recebi minha mensagem de origem humana e ninguém me ensinou. Em vez disso, recebi por revelação direta de Jesus Cristo. ” A partir desses versículos, podemos ver que Paulo não brincou quando se tratou do Evangelho. Ele (muito sem rodeios) deixou claro que não estava nem aí para o que as pessoas pensavam dele. Ele nunca embelezou a verdade que Deus o instruiu a pregar. Depois de ler Gálatas 1:10, me perguntei por que passei tanto da minha vida me preocupando com o que os outros pensavam de mim. 

Importantes lições do apostolo Paulo para os dias atuais



📖Outras reflexões relacionadas sobre o tema:  

👉 7 Lições de Josué importantes para mudar uma vida.

👉 Samuel, o mais famoso dos juízes de Israel.

👉 Eúde: o juiz mais interessante que você nunca ouviu falar.

👉 4 Incríveis curiosidades sobre a Bíblia.


Ele era humilde. 

( 1 Coríntios 9:27) Apesar de suas muitas viagens missionárias e cartas a várias igrejas, Paulo não se considerava imune ao pecado. Ele admitiu que fazia as coisas que odiava e não conseguia fazer as coisas que realmente queria fazer (Romanos 7:15). Ele não era um homem alto e poderoso acima da correção. E 1 Coríntios capítulo 9 em sua totalidade é evidência de que ele não se considerava tão bem a ponto de não poder fazer sacrifícios por causa do Evangelho. Não é como se Paulo não tivesse um bom motivo para se gabar. Na verdade, ele não tinha absolutamente nenhuma falta quando se tratava de qualificações; ele era um cidadão romano criado como judeu, estudando com um dos rabinos mais notáveis, Gamaliel (Atos 22: 3). Quer seu público fosse judeu, gentio, salvo ou não, ele literalmente tinha a capacidade de ser todas as coisas para todas as pessoas, onde quer que fosse.


Ele era altruísta. 


( Romanos 9: 3 ) Estou me convencendo de que humildade e abnegação andam de mãos dadas. Paulo se importava tanto com seus irmãos judeus que, se fosse possível, ele estava disposto a desistir de sua própria salvação se isso significasse que eles teriam a oportunidade de serem salvos. Esse é outro nível de abnegação! Não sei se diria a mesma coisa se estivesse no lugar dele. Paulo verdadeiramente deu vida a João 15:13 ao suportar prisão, naufrágio e espancamentos por aqueles que não ouviram o Evangelho.


Ele estava focado no chamado de Deus em sua vida. 


( Filipenses 1: 20-22 ) Paulo viveu para a propagação do Evangelho. Ele comia, dormia e respirava evangelismo. Ele sabia o que foi colocado nesta terra para fazer e foi atrás disso com força total. Nada poderia distraí-lo da tarefa que Deus lhe deu. Sempre que ele escrevia para uma igreja, ele geralmente mencionava como desejava vir e visitá-los novamente no futuro - mesmo que estivesse escrevendo da prisão (1ª Tessalonicenses 2: 17-18)! Não é preciso ler muitas de suas cartas antes de perceber que Paulo era um homem total e totalmente rendido a Deus e ao Seu propósito.


Ele viveu com a eternidade em mente. 


( Filipenses 3:14 ) A eternidade é um conceito que muitos de nós evitamos ou esquecemos completamente. Mas Paulo sabia que não devia acreditar que esta terra é nossa casa. Ele aguardou ansiosamente a volta de Cristo e nós também devemos. Como ele disse à igreja de Corinto, “quer estejamos neste corpo ou fora dele, nosso objetivo é agradá-lo... todos devemos comparecer diante de Cristo para ser julgados” (2 Coríntios 5: 9-10).


Recomendações de leitura  
👉 Leia o livro "O Retorno do Filho Prodigo" de John MacArthur, com uma das obras cristãs mais reconhecidas da historia moderna.

Este blog produz opiniões e textos independentes em uma perspectiva cristã com atualizações todos os domingos, obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp ou Telegram (19) 993702148.

1 Comentários

  1. Primeiramente agradeço a Deus por me dá a oportunidade de aprender dele através da sua vida �� e agradecer a você por se disponibilizar e se deixar ser usado por Deus para edificar nossas vidas �� estou sem congregar porque passei por igrejas que pregavam prosperidade e apesar de pouco tempo sendo filha de Deus eu entendo que não estamos mais nos dias em que devemos pregar isso e desde então não vou mais a igreja tenho chamado missionário, e desde que sair de congregar eu estudo em casa e busco em casa sei que Deus irá me apresentar uma igreja onde se prega a verdade mais até lá eu busco me edificar nele e ele tem sido generoso comigo em me apresentar pessoas como vc que edificam minha fé obrigada ��

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Reflexões Cristãs - Estudos e Mensagens Bíblicas