10 Fatos sobre a arqueologia bíblica

A importância da arqueologia bíblica


O estudos sobre a Arqueologia bíblica, ajudam a entender os fatos mais sensíveis da arqueologia, isto é, o estudo especializado na crença judaico-cristã, numa perspectiva histórica, desvendando os achados de materiais, diretos e indiretos, e sua relação com com relatos bíblicos e a religião.

A arqueologia bíblica e a redescobertas históricas
Fatos sobre Arqueologia Bíblica

10 Incríveis descobertas da Arqueologia Bíblica


Pensando na arqueologia bíblica como amiga da fé, e um fator que fortalece a teologia cristã, apresentarei, dez incríveis achados arqueológicos, diretos ou indiretos, que nos permitem descobertas que comprovam passagens bíblicas, das passagens mais profundas, como as presentes no livro de Gênesis, até as mais surpreendentes, presentes no novo testamento, antes de apresentar, as dez descobertas da arqueologia bíblica, entenderemos alguns fatores que usamos nas analises, e embolsos sobre os mais diversos assuntos, portanto, antes de apresenta-las é importante ler uma pequena introdução, sobre a forma que o blog Reflexões Cristãs, enxerga o campo das ideias, e filtramos as informações.

Introdução a Arqueologia bíblica


O Reflexões Cristãs, é um blog que tem um foco na área histórica da teologia, e a arqueologia bíblica é abraçada nesse contexto, entendemos que, quando falamos em arqueologia bíblica, qualquer ligação direta ou indireta, seja da ciência genética, como iremos abordar, até achados dos primeiros séculos da igreja, podem ser visto pela a arqueologia bíblica, como uma importante descoberta, isso deve-se ao fato, de que, até o inicio da idade media, as formas de preservação de manuscritos, e outros materiais era limitado, portanto muitas vezes precisamos seguir "migalhas", que sobrevivem ao tempo, isso também nos permite entender as formas de pensamentos, decifrar inúmeras culturas, e as formas de como elas viviam, pensavam e sentiam, pois bem, agora que entende, o pensamento por traz da arqueologia bíblica, conheça, dez incríveis descobertas da arqueologia bíblica.

Descobertas da Arqueologia bíblica, sobre o Gênesis bíblico.


1 - Eva Mitocondrial - Um estudo realizado no ano de 1987, por uma equipe de cientistas do ramo da genética, contatou algo inusitado, que todos os seres humanos, descendem de uma única mulher, a ciência apelidou como "Eva Mitocondrial", ou mesmo, a "Eva da genética", a mitocondrial, é uma organela citoplasmática membrosa, após iniciarem uma investigação, os cientistas, passaram a seguir rastros do DNA mitocondrial, que não tem se modificado muito desde do seu princípio.

Leia um artigo completo : Evidencias científicas de "Adão e Eva"

Muitos podem tentar desmerecer a descoberta, que foi realizada por diversos institutos de pesquisas, e profundamente analisado, mas é um fato, todos os seres humanos descendem de uma mesma e única mulher, a bíblia mostra isso, em Gênesis, na crianção Deus criou o homem e a mulher, e todos os seres humanos, descendem de certa forma de Eva, na arqueologia bíblica, essa pode ser vista como uma descoberta, indireta, embora não se tratando de um manuscrito ou um artefato, qualquer descoberta que comprove eventos bíblicos, podem ser aplicadas e relacionadas a arqueologia bíblica.

Incrível reprodução artística, da Eva bíblica.
Incrível reprodução artística, da Eva bíblica.


Vídeo sobre Eva mitocondrial



2 - Aldeias na Turquia e os familiares de Abraão - Recentemente na Turquia, encontraram escritos em algumas aldeias na região de Harã, com nomes dos familiares de Abraão (seu avô e seu bisavô, Naor e Serugue), Abraão teria vivido séculos depois, provavelmente entre os séculos XXI e XVIII antes de Cristo, encontrar evidencias arqueológicas sobre Abraão, é uma das questões mais sensíveis da arqueologia bíblica, por conta de que as regiões onde ele viveu, estão em guerras, e provar a existência dele, daria argumento, para afirmar que os Judeus realmente habitaram a região por milênios, e isso é muito conflitado por grupos islâmicos, e outros grupos que disputam as regiões.

3 - O livro de Enki - O escrito milenar conhecido como o, Livro perdido de Enki, é alguns relatos escritos em algumas placas na Suméria, conhecida como, Algumas placas sumérias continham um diário de ENKI, é importante dizer antes de mais nada, que o livro é pagão, mas tem uma importância historia gigantesca sobre a vida de Abraão, pois muitos que afirmam que ele não existiu, pois não haveria, nenhum escrito fora das escrituras sagradas, que mencionam Abraão, pois bem, apresento um livro pagão, que faz mansão a Adão, outros personagens do Gênesis, e também Abraão e até mesmo o Deus Jeová.

Acredito que a forma mais eficaz de descrever o Livro perdido de Enki, é como um livro pagão, que fala uma perspectiva pagã sobre o diluvio, e sobre outros personagens bíblicos, a grande maioria dos estudiosos judeus e cristãos, não gostam de usar ou falar sobre o escrito, e muito menos considerar como algo relevante, exatamente por ser um outro"ponto de vista", o livro menciona os anjos caídos, ou melhor dizendo, "os Annunaki"  como seres que viajam pelos mundos, e apresenta uma outra forma de entender o universo e sua origem, pode-se dizer que o "ateísmo agnóstico" está bem próximo do conteúdo descrito pelo livro, pois embora ele admita a existência de um "logos criador" ou uma forma de Deus, o escrito, é mais parecido com uma crença esotérica, e que não foca-se na terra e nas coisas que ocorrem, aqui, e sim no que está além, no universo, os escritos são considerados mais antigos do que os próprios livros bíblicos, até mesmo do que os manuscritos do Gênesis.

Leia o artigo completo sobre o Livro perdido de Enki

 Livro de Enki
 Livro de Enki

Descobertas da arqueologia bíblica sobre o povo de Israel


4 - A casa de Davi, reis sobre Israel - Em uma pesquisa recente, foi revelado uma evidencia sobre a existência de Davi, onde de acordo com o relato, um grande rei filisteu, chamado Tai de Hamate, que é mencionado em II Samuel 8:10, teria sido conquistado por Ramsés III, rei do Egito, segundo o professor da Universidade de  Haifa, Gherson Galil, o livro de Samuel é bem apoiado de documentos históricos.

Leia artigo completo: Evidencias arqueológicas sobre Davi.

Outras descobertas da arqueologia bíblica sobre Davi, são os achados na Turquia, que fazem referencia a um conquistador rei arameu, Hazazel, que diz ter matado 70 reis rivais, e entre eles, estaria a "Casa de Davi".
Tai (ta) de Hamate Fonte: https://www.reflexoescristas.com/2018/04/evidencias-sobre-davi.html

5 - As quedas do muro de Jerico - Uma analise científica na cidade de Jericó, onde foi palco, de uma das batalhas mais fascinantes da bíblia, revelou restos do antigo muro da cidade, e segundo a pesquisa, a cidade está numa área onde possui uma falha nas placas tectônicas, e com isso, a cidade está propensa a terremotos, os historiadores, acreditam que um terremoto, teria derrubado os muros, e isso reforça a historia bíblica no livro de Reis, que narra o evento histórico, da invasão de Israel a terra de Jericó.

6 - O templo de Salomão - O arqueólogo Gabriel Barkay, da Universidade Bar Ilan, em Israel, achou restos do primeiro e do segundo templo judeu, entre dez toneladas de escombros, em um terreno municipal, entre os diversos achados, estão algumas vasilhas, e um fragmento de uma coluna de mármore de um metro, que são datados, da era do bronze, os arqueólogos encontraram também, mas de cem moedas, do período do domínio dos reis asmoneus, os achados, são importantes para a arqueologia bíblica, para confirmar e dar mais fontes históricas aos livros do velho testamento que citam os templos judeus.

Descobertas da arqueologia bíblica sobre  o novo testamento


7 - A existência de Jesus - As descobertas dos manuscritos do mar morto, revelam argumentos fortíssimos para provar a existência de Jesus, isso por que são citados provas e relatos de rabinos judeus, e historiadores antigos, que não partilhavam do meio cristão, dessa forma, relatos de grupos divergentes sobre Jesus, dão mais relevância a sua existência, os manuscritos do mar morto, são considerados a maior descoberta da arqueologia bíblica da historia, pois entre os achados, estão livros milenares, que muitos pensaram não existir mais, alguns por conta da falta de provas, os historiadores davam como mito, mas graças a descoberta, muitos apócrifos, retornaram a vida, e hoje, podem ser estudados por teólogos e historiadores do mundo todo.

Representação da santa ceia
Representação da santa ceia


8 - Mosaico milenar chama Jesus de "Deus Jesus Cristo" - Um mosaico milenar, encontrado em um antigo presidio em megido, de origem judeu-samaritano, faz menção a uma expressão curiosa, o mosaico diz: " O Atoptous, amante de Deus, ofereceu a mesa a Deus Jesus Cristo como um memorial"


O achado é importante, para evidenciar a divindade de Jesus, isso por que, muitos teólogos, descaracterizam a crença na divindade de Jesus, ao tentar sugerir que Jesus não é Deus, e que a crença seria de origem grega, por conta de uma antiga adoração ao deus Mitra, que muitos insinuam que em uma fusão entre as crenças pagãs e cristãs, Jesus passou a ser considerado Deus, seja por conta de uma crença Unicista (modalista), ou em uma crença trinitária.

9 - Evidencias milenares sobre o batismo bíblico - Os essenios, eram um antigo grupo judaico, a seita foi formada cerca de duzentos anos antes de Cristo, e eles possuíam, uma visão apocalíptica, e acreditavam num Messias iminente, que viria num futuro breve.
Um dos costumes essenios, era o batismo, e o ritual com aguas, a seita, acreditava que dessa forma, eram purificados com aguas, existem diversas de piscinas milenares, usadas para batismos, em todo o mundo, algumas em Jerusalém e outras, na Europa e na Asia Oriental, as piscinas para batismo, confirmam o costume judaico-cristão, de batismo por imersão, e que o ritual, foi preservado em diversos lugares do mundo.

10 - Os Rolos do Mar Morto - Cerca de 11 cavernas foram achadas em uma região a treze milhas de Jerusalém, nessas cavernas, estariam, o maior achado arqueológico da historia, e que revolucionaria a arqueologia bíblica, nas cavernas, foram encontradas textos do livro de Isaías, de mais de 1.000 anos mais velha que qualquer outra copia de Isaías, conhecida até então.

Leia artigo completo: Os rolos do mar morto.

Os pergaminhos contêm histórias anteriormente desconhecidas sobre figuras bíblicas como Enoque, Abraão e Noé. Existe também uma explicação do porque Deus pediu Isaque como sacrifício a Abraão, os escritos são associados aos essênios, uma antiga seita judaica, no qual, historiadores, sugerem que João Batista, e até mesmo Jesus, faziam parte.

Fontes, referencias de pesquisas e notas diversas

 - Nota, possuímos uma bíblia comentada, com base foco na arqueologia bíblica, por enquanto ainda estamos em desenvolvimento, e comentados um capitulo por dia.
- Nota, estamos com uma verdadeira enciclopédia bíblica gratuita, temos um dicionário bíblico completo, e todos os personagens da bíblia, assim, sinta-se, em casa, para usar o blog, como ferramenta de estudos avançados.
- Referencia externa, arqueologia bíblica,  Enciclopédia livre.
- Referencia externa, biologia celular, Enciclopédia livre.
- Referencia externa, bibliografia de Abraão, Enciclopédia livre.
- Referencia externa, antiga Mesopotâmia, Allaboutthejourney.
- Referencia externa, Google books, Unicracia.

Patrocinado

Conteúdos correspondentes