Deus promete tirar Israel do Egito (Bíblia comentada - Êxodo 6)

Introdução a Êxodo 6 comentado


A falta de fé do povo de Israel é o maior obstaculo para a sua liberdade, Êxodo 6 comentado é retrato de Moisés e o povo de Israel, após anos acomodado com essa situação, agora sem forças próprias, tentaram a liberdade, clamar ao Senhor é a certeza da vitoria.

EU SOU O SENHOR - Êxodo 6
EU SOU O SENHOR - Êxodo 6


Êxodo 6 comentado


EXO 6:1 O SENHOR respondeu a Moisés: Agora verás o que eu farei a Faraó; porque com mão forte os deixará ir; e com mão forte os expulsará de sua terra. Sem fé, é impossível agradar a Deus, o que falta ao povo hebreu é fé, Deus responde a Moisés, que o Egito o expulsará daquelas terras, isso porque Faraó não aguentará a presença de Deus, o rei do Egito acreditava que era um deus na terra, ele tinha dinheiro, mulheres, e servos, mas o que ele não tinha, era o tesouro da presença de Deus, muitos homens pecam, porque tem muito, ganham muito, tornam-se fortes e poderosos, mas a unica coisa que realmente tem valor, eles não possuem, chama-se eternidade, a presença do Espirito Santo, o povo do Egito era reflexo do mal de Faraó, agora chegará a hora em breve, de descobrir quem é o Senhor Jeová.
EXO 6:2 Falou, todavia, Deus a Moisés, e disse-lhe: Eu sou o SENHOR;
EXO 6:3 E apareci a Abraão, a Isaque e a Jacó sob o nome de Deus Todo-Poderoso, mas em meu nome, EU-SOU, não me notifiquei a eles. Abraão, Isaque e Jacó, adoravam a Deus, e em especial Abraão é o pai do monoteísmo, mas é importante ressaltar, que Deus assume uma relação temporal com Israel, aos poucos ele se revelaria mais e mais com seu povo, os patriarcas adoravam apenas a Deus, mas não eram absolutamente monoteístas, eles eram deístas, isto é, acreditavam em Deus, mas não negavam ou refutavam a adoração a outros deuses, vemos por exemplo Raquel com ídolos dos caldeus, em Gênesis 31 comentado, o povo hebreu seria apresentado a Moisés como o único Deus verdadeiro, e todos os demais serão refutados como falsos deuses, esses deuses pagãos foram criados na Torre de Babel, e passaram a ser adorados no mundo todo.
EXO 6:4 E também estabeleci meu pacto com eles, de dar-lhes a terra de Canaã, a terra em que foram estrangeiros, e na qual peregrinaram.
EXO 6:5 E também eu ouvi o gemido dos filhos de Israel, aos quais fazem servir os egípcios, e lembrei-me de meu pacto.
EXO 6:6 Portanto dirás aos filhos de Israel: EU SOU O SENHOR; e eu vos tirarei de debaixo das cargas do Egito, e vos livrarei de sua servidão, e vos redimirei com braço estendido, e com juízos grandes:
EXO 6:7 E vos tomarei por meu povo e serei vosso Deus: e vós sabereis que eu sou o SENHOR vosso Deus, que vos tiro de debaixo das cargas do Egito:
EXO 6:8 E vos meterei na terra, pela qual levantei minha mão que a daria a Abraão, a Isaque e a Jacó: e eu vos a darei por herança. EU SOU O SENHOR. Deus diz: "EU SOU O SENHOR", essa é a clara e irrefutável palavra do monoteísmo radical, Deus é Deus e não existe outro, ainda que não entendemos a plenitude de Deus, e sua majestade, a partir do momento que o povo hebreu entender essa verdade, o destino do mundo será mudado, hoje em dia, existem muitos deuses, em alguns cantos do mundo, o paganismo ainda é amplamente difundido, mas nosso dever como cristãos é pregar a mensagem monoteísta, o Jeová bíblico, que apresenta-se a humanidade aos poucos, e adquirimos uma relação intima com Deus, e nos religamos a origem, o proposito a qual fomos criados.
EXO 6:9 Desta maneira falou Moisés aos filhos de Israel: mas eles não escutavam a Moisés por causa da angústia de espírito, e da dura servidão.
EXO 6:10 E falou o SENHOR a Moisés, dizendo:
EXO 6:11 Entra, e fala a Faraó rei do Egito, que deixe ir de sua terra aos filhos de Israel.
EXO 6:12 E respondeu Moisés diante do SENHOR, dizendo: Eis que os filhos de Israel não me escutam: como, pois, me escutará Faraó, ainda mais sendo eu incircunciso de lábios?
EXO 6:13 Então o SENHOR falou a Moisés e a Arão, e deu-lhes mandamento para os filhos de Israel, e para Faraó rei do Egito, para que tirassem aos filhos de Israel da terra do Egito.
EXO 6:14 Estes são os chefes das famílias de seus pais. Os filhos de Rúben, o primogênito de Israel: Enoque e Palu, Hezrom e Carmi: estas são as famílias de Rúben.
EXO 6:15 Os filhos de Simeão: Jemuel, e Jamim, e Oade, e Jaquim, e Zoar, e Saul, filho de uma cananeia: estas são as famílias de Simeão.
EXO 6:16 E estes são os nomes dos filhos de Levi por suas linhagens: Gérson, e Coate, e Merari: E os anos da vida de Levi foram cento trinta e sete anos.
EXO 6:17 E os filhos de Gérson: Libni, e Simei, por suas famílias.
EXO 6:18 E os filhos de Coate: Anrão, e Izar, e Hebrom, e Uziel. E os anos da vida de Coate foram cento e trinta e três anos.
EXO 6:19 E os filhos de Merari: Mali, e Musi: estas são as famílias de Levi por suas linhagens.
EXO 6:20 E Anrão tomou por mulher a Joquebede sua tia, a qual lhe deu à luz a Arão e a Moisés. E os anos da vida de Anrão foram cento e trinta e sete anos.
EXO 6:21 E os filhos de Izar: Corá, e Nefegue e Zicri.
EXO 6:22 E os filhos de Uziel: Misael, e Elzafã e Sitri.
EXO 6:23 E tomou para si Arão por mulher a Eliseba, filha de Aminadabe, irmã de Naassom; a qual lhe deu à luz a Nadabe, e a Abiú, e a Eleazar, e a Itamar.
EXO 6:24 E os filhos de Corá: Assir, e Elcana, e Abiasafe: estas são as famílias dos coraítas.
EXO 6:25 E Eleazar, filho de Arão, tomou para si mulher das filhas de Putiel, a qual lhe deu à luz a Fineias: E estes são os chefes dos pais dos levitas por suas famílias. Os levitas serão a tribo usada para tirar os homens de Israel da terra do Egito, futuramente a tribo de Levi será usada por Deus para a função do sacerdócio, eles serão os guardiões do templo e dos estatutos de Deus.
EXO 6:26 Este é aquele Arão e aquele Moisés, aos quais o SENHOR disse: Tirai aos filhos de Israel da terra do Egito por seus esquadrões.
EXO 6:27 Estes são os que falaram a Faraó rei do Egito, para tirar do Egito aos filhos de Israel. Moisés e Arão foram estes.
EXO 6:28 Quando o SENHOR falou a Moisés na terra do Egito,
EXO 6:29 Então o SENHOR falou a Moisés, dizendo: Eu sou o SENHOR; dize a Faraó rei do Egito todas as coisas que eu te digo.
EXO 6:30 E Moisés respondeu diante do SENHOR: Eis que sou incircunciso de lábios; como, pois, Faraó me ouvirá? Moisés não tinha confiança em si mesmo, a falta de fé de Abraão nele mesmo e em Deus, era o que distanciava o povo de libertar-se, e também acompanhará ele em sua vida, Arão é aquele que estará do lado de seu irmão, e o ajudará a guardar-lhe a palavra de Deus.

Notas e referencias do autor

- Segue os créditos a Bíblia livre, tradução usada em nossos comentários.
- Os comentários estão sempre em negrito. 
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver. 
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.

Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.

Lucas Ajudarte domingo, 30 de setembro de 2018
Moisés e Arão perante Faraó (Bíblia comentada - Êxodo 5)

Introdução a Êxodo 5 comentado


Uma provação, é o que pode definir-se de Israel no Egito, Êxodo 5 mostra Moisés diante de Faraó, a falta de fé do povo hebreu e do próprio Moisés, tornará cada vez mais durá, nossa luta contra nossos problemas, quando estamos diante de um estado opressor, temos que nos unir e não desunir. Acima de tudo precisamos ter fé.

Faraó sendo carregado pelos súditos
Faraó, o rei do Egito

Êxodo 5 comentado


EXO 5:1 Depois entraram Moisés e Arão a Faraó, e lhe disseram: O SENHOR, o Deus de Israel, disse assim: Deixa ir meu povo a celebrar-me festa no deserto. Moisés não queria cumprir sua missão sozinho, para isso ele teria a ajuda de seu irmão Arão, justamente Arão seria um dos sacerdotes mais importantes de Israel, junto a Miriam, eles seriam quem influenciariam Moisés e tornariam seu fardo mais leve, quando Moisés chega perante a Faraó dizendo "Deixa meu povo a celebrar-me festa no deserto...", pode parecer estranho ao rei do Egito. Faraó não aceitaria a ordem de um profeta de Deus, como o próprio Deus disse, duro será os ouvidos de Faraó, tudo isso é parte de uma batalha espiritual, e a luta que iria vir, seria uma batalha entre Deus contra as potestades que dominavam o povo do Egito.
EXO 5:2 E Faraó respondeu: Quem é o SENHOR, para que eu ouça sua voz e deixe ir a Israel? Não conheço o SENHOR, nem tampouco deixarei Israel ir.
EXO 5:3 E eles disseram: O Deus dos hebreus nos encontrou: iremos, pois, agora caminho de três dias pelo deserto, e sacrificaremos ao SENHOR nosso Deus; para que não venha sobre nós com pestilência ou com espada. Moisés alerta ao Faraó o mal que iria de vir se não liberasse os hebreus para partir daquele lugar, mas os hebreus eram valiosos ao Egito, eles representavam mão de obra escrava, contanto que não morressem de fome, o custo era zero aos bolsos de Faraó, o povo do Egito não gostava dos hebreus, que na maioria era de origem de pastores de ovelhas, que eram vistos como abominações para os egípcios, vemos até esse contexto que sem sinal o Faraó não irá crer, e ainda que tenha sinais, ele terá que crer que Jeová é maior que os deuses do Egito, e maior que o próprio Faraó.
EXO 5:4 Então o rei do Egito lhes disse: Moisés e Arão, por que fazeis cessar ao povo de sua obra? Ide a vossas cargas.
EXO 5:5 Disse também Faraó: Eis que o povo da terra é agora muito, e vós lhes fazeis cessar de suas cargas.
EXO 5:6 E mandou Faraó aquele mesmo dia aos capatazes do povo que o tinham à sua responsabilidade, e a seus governadores, dizendo:
EXO 5:7 De aqui adiante não dareis palha ao povo para fazer tijolos, como ontem e antes de ontem; vão eles e recolham por si mesmos a palha;
EXO 5:8 E haveis de pôr-lhes a tarefa dos tijolos que faziam antes, e não lhes diminuireis nada; porque estão ociosos, e por isso levantam a voz dizendo: Vamos e sacrificaremos a nosso Deus.
EXO 5:9 Agrave-se a servidão sobre eles, para que se ocupem nela, e não atendam a palavras de mentira. Faraó jogava a carga sobre os hebreus, ele deixada a vida do povo ainda mais dura, e iria aumentar ainda mais as dificuldades do povo, algo que serve para nossa reflexão, o governo no tempo de Faraó apenas escraviza seu próprio povo, eles não viam as pessoas como seres humanos, o deus deles eram Mamon, o único interesse do estado é sobreviver e aumentar seu poder, as guerras da antiguidade, eram apenas para determinar, quem mandaria em quem, e quem seria o rei de quem, as pessoas da antiguidade viviam para manter seus capitais financeiros e aumenta-los, e para isso, precisariam de poder militar, e esse poder militar em conjunto com o poder politico, apenas feria os mais pobres, e destruía seus sonhos, agora fiquemos na reflexão, qual a diferença do governo de antigamente, dos governos atuais?
EXO 5:10 E saindo os capatazes do povo e seus governadores, falaram ao povo, dizendo: Assim disse Faraó: Eu não vos dou palha.
EXO 5:11 Ide vós, e recolhei palha de onde a achardes; que nada se diminuirá de vossa tarefa.
EXO 5:12 Então o povo se espalhou por toda a terra do Egito a colher restolho em lugar de palha.
EXO 5:13 E os capatazes os apressavam, dizendo: Acabai vossa obra, a tarefa do dia em seu dia, como quando se vos dava palha.
EXO 5:14 E açoitavam aos supervisores dos filhos de Israel, que os capatazes de Faraó haviam posto sobre eles, dizendo: Por que não cumpristes vossa tarefa de tijolos nem ontem nem hoje, como antes?
EXO 5:15 E os supervisores dos filhos de Israel vieram a Faraó, e se queixaram a ele, dizendo: Por que o fazes assim com teus servos?
EXO 5:16 Não se dá palha a teus servos, e, contudo, nos dizem: Fazei os tijolos. E eis que teus servos são açoitados, e teu povo cai em falta. Faraó endurece o coração contra os hebreus, em momento de crise, não espere ajuda do estado, o estado é um exemplo de uma besta diabólica, que vem para matar, roubar e destruir, eles criam o problema sobre a nação, nos bombardeiam com mentiras, e nos repudiam e tiram nossos direitos a liberdade, não podemos pescar no rio sem recebermos permissão, e não podemos andar na rua, sem que eles interfiram nosso caminho, em nome de uma segurança, mas as leis são impostas para o povo de bem, e não para o fora da lei. Tudo isso fazia com que o povo volta-se contra Moisés e Arão, e não vessem seu verdadeiro inimigo, o estado.
EXO 5:17 E ele respondeu: Estais ociosos, sim, ociosos, e por isso dizeis: Vamos e sacrifiquemos ao SENHOR.
EXO 5:18 Ide, pois, agora, e trabalhai. Não se vos dará palha, e haveis de dar a tarefa dos tijolos.
EXO 5:19 Então os supervisores dos filhos de Israel se viram em aflição, tendo lhes dito: Não se diminuirá nada de vossos tijolos, da tarefa de cada dia.
EXO 5:20 E encontrando a Moisés e a Arão, que estavam à vista deles quando saíam de Faraó, Quando dura é o nosso fardo, duro também é o caminho, quando estamos sendo maltratados contra um inimigo, muitas vezes por covardia, não nos voltamos contra nossos inimigos e sim contra aqueles que estão do nosso lado, essa é a situação de Israel, o povo não tinha fé, e não clamava, por medo eles preferiam confrontar Israel do que o próprio Faraó e o estado do Egito, por essa falta de fé, a caminhada do povo hebreu tornaria-se mais dura, eles precisavam crer de verdade, acreditar de verdade, ter fé de verdade, do contrario tudo seria em vão, a falta de fé, é o que nos afasta de Deus, quantas vezes ao ser confrontado por uma autoridade ou passou por uma prova dura, e ao invés de lutar contra seu inimigo, não voltou-se contra seu amigo, tem pessoas que chegam nervosas de seus trabalhos, e descontam sua raiva na esposa, ou filhos, quando não conseguimos enfrentar nossos problemas, descontamos em outras pessoas que não tem relação direta a questão, essa não é a melhor forma de realizar nossas atividades cotidianas, quando passamos pela prova, temos que nos unir aos semelhantes a nós, as pessoas tem que estar do nosso lado, e não podemos estar sozinhos jamais, una-se a sua família na dificuldade, e não distancia-se deles.
EXO 5:21 Disseram-lhes: Olhe o SENHOR sobre vós, e julgue; pois nos fizestes repulsivos diante de Faraó e de seus servos, dando-lhes a espada nas mãos para que nos matem.
EXO 5:22 Então Moisés se voltou ao SENHOR, e disse: Senhor, por que afliges a este povo? para que me enviaste?
EXO 5:23 Porque desde que vim a Faraó para falar-lhe em teu nome, afligiu a este povo; e tu tampouco livraste a teu povo.



Notas e referencias de pesquisa




- Segue os créditos a Bíblia livre, tradução usada em nossos comentários.

- Os comentários são sempre escritos em negrito. 
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver. 
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo e arqueólogo bíblico pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.



Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.

Lucas Ajudarte sábado, 29 de setembro de 2018
Deus chama Moisés (Bíblia comentada - Êxodo 4)

Introdução a Êxodo 4 comentado


Deus chama Moisés, e faz diversos sinais, não apenas para o povo crer, e sim para o próprio Moisés acreditar na palavra de Deus, até aquele contexto, Moisés era visto como uma pessoa de pouca fé, sua vida seria transformada pela palavra de Deus.

Deus aparece para Moisés
Uma teofania de Deus - Êxodo 4

Êxodo 4 comentado



EXO 4:1 Então Moisés respondeu, e disse: Eis que eles não crerão em mim, nem ouvirão minha voz; porque dirão: O SENHOR não apareceu a ti. Moisés é um reflexo do povo hebreu depois da ida ao Egito, o povo passou a ficar acomodado, e com a acomodação a fé se perde, muitas vezes a luta vem para aumentar a fé, as provações fazem partes, e nos fazem ficar mais na presença de Deus.

EXO 4:2 E o SENHOR disse: Que é isso que tens em tua mão? E ele respondeu: Uma vara.
EXO 4:3 E ele lhe disse: Lança-a em terra. E ele a lançou em terra, e tornou-se uma cobra: e Moisés fugia dela.
EXO 4:4 Então disse o SENHOR a Moisés: Estende tua mão, e toma-a pela cauda. E ele estendeu sua mão, e tomou-a, e tornou-se vara em sua mão. Moisés para crer em Deus, precisou de uma prova, um sinal de Deus, por vezes nossa fé não é o suficiente, e não conseguimos crer na voz de Deus, mesmo que estejamos a ver um grande sinal, queremos mais, Moisés ele via o brasa de fogo de Deus, ainda sim não cria que Deus agiria por ele.
EXO 4:5 Por isto crerão que se te apareceu o SENHOR, o Deus de teus pais, o Deus de Abraão, Deus de Isaque, e Deus de Jacó.
EXO 4:6 E disse-lhe mais o SENHOR: Mete agora tua mão em teu peito. E ele meteu a mão em seu peito; e quando a tirou, eis que sua mão estava leprosa como a neve.
EXO 4:7 E disse: Volta a meter tua mão em teu peito; e ele voltou a meter sua mão em seu peito; e voltando-a a tirar do peito, eis que se havia voltado como a outra carne. Deus mostrava que as doenças poderiam ser feitas por Ele, e a cura também, Moisés via que Deus era o autor da vida, e a Ele o direito de tirar uma vida, Moisés via diversos sinais de Deus, para que o povo cresse, ou melhor, para que o próprio Moisés acreditasse, Deus escolheu o melhor para a função, alguém que foi preparado para governar seu povo, com uma das nações mais ricas de seu tempo, mas ainda sim ele não tinha fé, para Moisés conseguir cumprir a missão que Deus entregava em suas mãos, ele precisaria ser convertido, e receber uma experiencia com Deus.
EXO 4:8 Se acontecer, que não te crerem, nem obedecerem à voz do primeiro sinal, crerão à voz do último.
EXO 4:9 E se ainda não crerem nestes dois sinais, nem ouvirem tua voz, tomarás das águas do rio, e as derramará em terra; e se tornarão aquelas águas que tomarás do rio, se tornarão sangue na terra.
EXO 4:10 Então disse Moisés ao SENHOR: Ai Senhor! Eu não sou homem de palavras de ontem nem de anteontem, nem ainda desde que tu falas a teu servo; porque sou lento no fala e incômodo de língua.
EXO 4:11 E o SENHOR lhe respondeu: Quem deu a boca ao homem? Ou quem fez ao mudo e ao surdo, ao que vai e ao cego? não sou eu, o SENHOR? Moisés confrontava a Deus, isso porque no pensamento humano, um ato revolucionário, é apenas uma ação militarizada, com um exercito forte, e treinado, com diversos maquinários de guerra, mas Deus não queria que seu povo lutasse, era uma luta do próprio Deus, Moisés seria apenas um profeta, e líder de seu povo, que o organizassem, e tirassem daquelas terras.
EXO 4:12 Agora pois, vai, que eu serei em tua boca, e te ensinarei o que tenhas de falar.
EXO 4:13 E ele disse: Ai Senhor! envia por meio do que hás de enviar.
EXO 4:14 Então o SENHOR se irou contra Moisés, e disse: Não conheço eu a teu irmão Arão, levita, e que ele fala bem? E ainda eis que ele sairá para te receber, e vendo-te, se alegrará em seu coração.
EXO 4:15 Tu falarás a ele, e porás em sua boca as palavras, e eu serei em tua boca e na sua, e vos ensinarei o que deveis fazer.
EXO 4:16 E ele falará por ti ao povo; e ele te será a ti em lugar de boca, e tu serás para ele em lugar de Deus.
EXO 4:17 E tomarás esta vara em tua mão, com a qual farás os sinais. Moisés partiria para libertar seu povo, ele foi teimoso e irou Deus, era ele o escolhido e justamente era alguém até esse momento alguém sem fé suficiente, mas ele preocupava-se com seu povo, ele impedia seus irmãos hebreus de brigarem entre eles, e salvava um hebreu espancado, que apanhava de um egípcio, embora adotado pelo povo do Egito, seu coração era hebreu e lutaria por Israel.
EXO 4:18 Assim se foi Moisés, e voltando a seu sogro Jetro, disse-lhe: Irei agora, e voltarei a meus irmãos que estão em Egito, para ver se ainda vivem. E Jetro disse a Moisés: Vai em paz.
EXO 4:19 Disse também o SENHOR a Moisés em Midiã: Vai, e volta-te ao Egito, porque mataram todos os que procuravam tua morte.
EXO 4:20 Então Moisés tomou sua mulher e seus filhos, e os pôs sobre um asno, e voltou-se à terra do Egito: tomou também Moisés a vara de Deus em sua mão. Os inimigos de Moisés tinham morrido, entendemos portanto que o próprio Faraó que solicitava sua morte, tinha morrido, com isso seu filho assumido o trono, com isso Moisés poderia retornar.
EXO 4:21 E disse o SENHOR a Moisés: Quando houverdes voltado ao Egito, olha que faças diante de Faraó todas as maravilhas que pus em tua mão: eu, porém, endurecerei seu coração, de modo que não deixará ir ao povo.
EXO 4:22 E dirás a Faraó: O SENHOR disse assim: Israel é meu filho, meu primogênito.
EXO 4:23 Já te disse que deixes ir a meu filho, para que me sirva, mas não quiseste deixá-lo ir: eis que eu vou a matar a teu filho, o teu primogênito. Deus queria uma abordagem dura, sua solicitação era a liberdade de Israel, Deus também profetiza os eventos futuros, o coração endurecido.
EXO 4:24 E aconteceu no caminho, que em uma parada o SENHOR lhe saiu ao encontro, e quis matá-lo.
EXO 4:25 Então Zípora agarrou uma pedra afiada, e cortou o prepúcio de seu filho, e lançou-o a seus pés, dizendo: Em verdade tu me és um esposo de sangue. Podemos entender que Moisés e Zípora estão diante de uma teofania, Deus mataria o filho de Moisés, pois ele partia como um israelita, diante do resto de sua comunidade, o povo não o receberia ao saber que seu filho não é circuncidado.
EXO 4:26 Assim lhe deixou logo ir. E ela disse: Esposo de sangue, por causa da circuncisão. Possivelmente Moisés sabia da tradição ainda sim não seguia, não fazia com seu filho, e isso era um ato pecaminoso, Moisés estaria aprendendo uma lição, que a palavra de Deus era coisa seria, ele seria o "teólogo" da antiguidade, seria função dele montar os estatutos do povo de Israel em uma teocracia. 
EXO 4:27 E o SENHOR disse a Arão: Vai receber a Moisés ao deserto. E ele foi, e encontrou-o no monte de Deus, e beijou-lhe.
EXO 4:28 Então contou Moisés a Arão todas as palavras do SENHOR que lhe enviava, e todas o sinais que lhe havia dado.
EXO 4:29 E foram Moisés e Arão, e juntaram todos os anciãos dos filhos de Israel:
EXO 4:30 E falou Arão todas as palavras que o SENHOR havia dito a Moisés, e fez o sinais diante dos olhos do povo.
EXO 4:31 E o povo creu; e ouvindo que o SENHOR havia visitado os filhos de Israel, e que havia visto sua aflição, inclinaram-se e adoraram.


Notas e referencias do autor

- Segue os créditos a Bíblia livre, tradução usada em nossos comentários. 
- Os comentários estão sempre em negrito.  
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver.  
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo e arqueólogo bíblico pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.

Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.

Lucas Ajudarte sexta-feira, 28 de setembro de 2018
O povo clama ao Senhor (Bíblia comentada - Êxodo 3)

Introdução a Êxodo 3 comentado


Uma escravidão é o processo onde os direitos do povo, são monitorados e controlados por outra pessoa, organização  ou estado. Êxodo 3, mostra que os israelitas sofriam e enfim clamavam ao Senhor, agora veríamos, que quando o povo clama, Deus ouve e salva o justo, e o impio verá quem é o Senhor, o mal que praticamos, certamente será punido!

Versículo de Êxodo 3
Comentários de Êxodo 3

Êxodo 3 comentado



EXO 3:1 E apascentando Moisés as ovelhas de Jetro seu sogro, sacerdote de Midiã, levou as ovelhas ao outro lado do deserto, e veio a Horebe, monte de Deus. Horebe é sem a menor sombra de duvidas, um dos locais mais espirituais na bíblia, Moisés tem uma experiencia com Deus, uma curiosidade, é que Jetro era sacerdote midianita, justamente a bíblia nunca demonstra uma divindade no qual ele adorava, nem se isso interferiu a vida de Moisés, como os midianitas eram descendentes de Abraão, não era impossível que ele adorasse Jeová, ou mesmo fosse sacerdote do Deus verdadeiro, o exclusivismo que vemos nos israelitas, não é procedente, outros povos adoravam a Deus, Israel era uma nação eleita, mas diversas pessoas espalhadas pelo mundo tinham um compromisso com Deus, vemos que mesmo em variações teológicas, os ismaelitas, mantiveram o monoteísmo histórico, e preservaram a adoração a Deus, existindo até os dias de hoje.
EXO 3:2 E apareceu-lhe o anjo do SENHOR em uma chama de fogo em meio de uma sarça: e ele olhou, e viu que a sarça ardia em fogo, e a sarça não se consumia.
EXO 3:3 Então Moisés disse: Irei eu agora, e verei esta grande visão, por que causa a sarça não se queima.
EXO 3:4 E quando o SENHOR viu que ia ver, Deus o chamou do meio da sarça, e disse: Moisés, Moisés! E ele respondeu: Eis-me aqui. Moisés teria a experiencia com Deus, no passado Deus levantou diversos grandes profetas pelo mundo, Sete, Enoque, Noé, Abraão e outros nomes usados em seu tempo, em pró do plano de Deus para erradicar o mal do mundo, chegava o tempo de Moisés, agora ele seria usado, o povo de Israel sofria, e quando o povo clama, Deus os ouve e atende, o caminho para a vitoria contra sistemas opressores é clamar a Deus, em nossos países modernos, estamos sendo abatidos e destruídos por governos opressores, e o povo não está clamando, por conta disso, Deus não agirá até que você desperte.
EXO 3:5 E disse: Não te aproximes daqui; tira teus calçados de teus pés, porque o lugar em que estás é terra santa. A expressão "...tira teus calçados de teus pés, porque o lugar é terra santa..." uma expressão repedida na bíblia, mais tarde pelo comandante dos exércitos de Israel na invasão a terra de Canaã, Moisés veria o que os teólogos chamam de Teofania de Deus, é o conceito de cunho teológico, adotado para representar quando Deus manifestava-se, Deus é onipresente e não cabe na vista humana, e é também um ser ESPIRITUAL, e portanto é invisível, por esses fatores, é comum Deus manifestar-se de diversas formas, desde sarça de fogo, até nuvens no céus, houveram diversas manifestações de Deus na bíblia, o próprio Jesus pode ser considerado a completa manifestação de Deus.
EXO 3:6 E disse: Eu sou o Deus de teu pai, Deus de Abraão, Deus de Isaque, Deus de Jacó. Então Moisés cobriu seu rosto, porque teve medo de olhar a Deus. Deus manifesta-se diante de Moisés, e ele tinha medo, na antiguidade tinha-se a ideia de quem visse Deus, certamente morreria, vemos isso no decorrer da própria torah, que diversas pessoas morreram por tocar na arca, ou olhar para dentro da arca, isso ocorria porque uma pessoa em pecado ou carnal, sem aptidão espiritual para ver Deus, não consegue ver Deus e viver, ou mesmo tocar onde Ele manifesta-se, a santidade de Deus excede o conhecimento e a capacidade humana. Em alguns textos Deus manifesta-se em teofanias.
EXO 3:7 E disse o SENHOR: Vi a aflição de meu povo que está no Egito, e ouvi seu clamor por causa de seus opressores; pois conheço suas angústias;
EXO 3:8 E desci para livrá-los da mão dos egípcios, e tirá-los daquela terra a uma terra boa e larga, a terra que flui leite e mel, aos lugares dos cananeus, dos heteus, dos amorreus, dos perizeus, dos heveus, e dos jebuseus.
EXO 3:9 O clamor, pois, dos filhos de Israel veio diante de mim, e também vi a opressão com que os egípcios os oprimem. "...O clamor, pois dos filhos de Israel veio diante de mim..." essa expressão de Êxodo 3, verso 9, é a demonstração do que comentado anteriormente, Deus salva aquele que clama, quando o povo clama por libertação, será liberto, os problemas da nossa sociedade são piores porque o povo não clama, poucos da nossa nação buscam a Deus, e esses poucos são aqueles que não deixam tudo piorar ainda mais.
EXO 3:10 Vem, portanto, agora, e te enviarei a Faraó, para que tires a meu povo, os filhos de Israel, do Egito.
EXO 3:11 Então Moisés respondeu a Deus: Quem sou eu, para que vá a Faraó, e tire do Egito aos filhos de Israel?
EXO 3:12 E ele lhe respondeu: Vai, porque eu serei contigo; e isto te será por sinal de que eu te enviei: logo que houveres tirado este povo do Egito, servireis a Deus sobre este monte. Moisés não queria a missão, ele era um renegado entre os egípcios e temia ser descriminado entre seus irmãos hebreus, embora exista o desejo de libertar seu povo, ele temia, o ser humano teme, por vezes queremos ver que Deus está do nosso lado, e não conseguimos olhar o imaterial, não conseguimos olhar o espiritual, Moisés precisava, ver o espiritual para vencer, ele não deveria colocar os olhos para o que se vê e sim para o que não é visto a olho nu, o que não vemos é eterno.
EXO 3:13 E disse Moisés a Deus: Eis que, quando eu chegar aos filhos de Israel, e lhes disser, O Deus de vossos pais me enviou a vós; se eles me perguntarem: Qual é seu nome? que lhes responderei?
EXO 3:14 Deus respondeu a Moisés: EU SOU O QUE SOU. E disse: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós. Entre o povo de Israel, existiam diversas facções, algumas pessoas com maior conhecimento de que outras, Deus faz referencia ao monoteísmo, de forma enfática, ao expressar-se "EU SOU O QUE SOU", claramente Deus afirma ser o único Deus verdadeiro, hoje utilizamos o termo "monoteísmo", embora com o tempo passou a existir variantes da crença monoteísta, a unica procedente com a escritura, é que Deus é um único ser, indivisível, e imutável, e que manifesta-se em diversas formas, as chamadas teofanias, basicamente considero a variante do monoteísmo, a mais verdadeira a Unicidade de Deus.
EXO 3:15 E disse mais Deus a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: o SENHOR, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, Deus de Isaque e Deus de Jacó, me enviou a vós. Este é meu nome para sempre, este é meu memorial por todos os séculos.
EXO 3:16 Vai, e junta os anciãos de Israel, e dize-lhes: O SENHOR, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, de Isaque, e de Jacó, me apareceu, dizendo: Certamente vos visitei, e vi o que se faz convosco no Egito; Os anciões dos hebreus, sabiam que existia a profecia, anteriormente entregue aos seus patriarcas, que Deus o livraria do Egito, e os levaria de volta a terra de Canaã, dessa forma, Moisés não precisava fazer com que todos acreditassem nele, apenas que as pessoas certas entendessem a mensagem que Deus o entregaria.
EXO 3:17 E disse: Eu vos tirarei da aflição do Egito à terra dos cananeus, e dos heteus, e dos amorreus, e dos perizeus, e dos heveus, e dos jebuseus, a uma terra que flui leite e mel.
EXO 3:18 E ouvirão tua voz; e irás tu, e os anciãos de Israel, ao rei do Egito, e lhe direis: O SENHOR, o Deus dos hebreus, nos encontrou; portanto nós iremos agora caminho de três dias pelo deserto, para que sacrifiquemos ao SENHOR nosso Deus.
EXO 3:19 Mas eu sei que o rei do Egito não vos deixará ir a não ser por mão forte.
EXO 3:20 Porém eu estenderei minha mão, e ferirei ao Egito com todas minhas maravilhas que farei nele, e então vos deixará ir. O povo de Israel fez bem ao Egito, eles trabalhavam arduamente, desde José os hebreus foram fundamentais, a fortuna que o Faraó construiu foi pela administração eficiente de José, ele escravizou todo o povo egípcio, ao estocar comida, antecipando a grande fome que viria, agora aconteceria algo oposto, Deus puniria o Faraó e seu povo, que pagou bondade com maldade, e corrompeu-se com a sua grande fortuna, quando o justo clama Deus ouve, e o impio enfim enxerga quem é o Senhor.
EXO 3:21 E eu darei a este povo favor aos olhos dos egípcios, para que quando vos partirdes, não saiais vazios:
EXO 3:22 Em vez disso pedirá cada mulher à sua vizinha e à sua visitante vasos de prata, vasos de ouro, e roupas; os quais poreis sobre vossos filhos e vossas filhas, e despojareis ao Egito.

Notas e referencias do autor

- Segue os créditos a Blive, responsável pelo comitê de tradução da Bíblia livre.   
- Os comentários são sempre escritos em negrito.   
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver.   
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.

Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.

Lucas Ajudarte quinta-feira, 27 de setembro de 2018
A liberdade para Israel (Bíblia comentada - Êxodo 2)

Introdução a Êxodo 2 comentado


Um sistema servil, o Egito instaurava essa forma de domínio sobre o hebreu, Êxodo 2, demonstra o domínio egípcio sobre Israel, nesse contexto Israel teria a liberdade, começaria aos poucos o ministério de Moisés.

A liberdade para Israel (Bíblia comentada - Êxodo 2)
Salvação para Israel - Êxodo 2

Êxodo comentado


EXO 2:1 Um homem da família de Levi foi, e tomou por mulher uma filha de Levi:
EXO 2:2 A qual concebeu, e deu à luz um filho: e vendo-o que era belo, teve-lhe escondido três meses. A falta de liberdade, faz com que os homens não possam ter filhos, e que estejam sujeitos a normas e regulamentos impostas pelo estado, as vezes pensamos como é viver num estado de repressão e escravidão, pois bem, afirmo sem medo de errar, estamos caminhando para isso, hoje o estado está nos reprimindo, embora achamos que é para o nosso próprio bem, eles impõe regulamentos e normas, instauram leis, e definem critérios de como viver em sociedade, essas imposições são feitas para manipular, reprimir e exterminar o povo, os filhos de Israel agora viviam no extremo desse contexto, um dia podem ser nós, ao nascer um menino, os pais tiveram que preservar sua vida, de acordo com o que poderiam fazer, esconderam do estado, que quer nos contar como gado, e nos erradicar como insetos, definindo quem vive e quem morre, apenas Deus é o autor da vida, e somente Ele o direito de tirar ou dar vida para alguém, o estado egípcio mostra-se uma besta diabólica, outras bestas diabólicas existem em outros lugares do mundo, mesmo nos nossos dias, todas intitulando-se estados.
EXO 2:3 Porém não podendo ocultar-lhe mais tempo, tomou uma cesta de juncos, e vedou-a com piche e betume, e colocou nela ao menino, e o pôs entre os juncos à beira do rio:
EXO 2:4 E ficou parada uma irmã sua ao longe, para ver o que lhe aconteceria. Faraó colocava-se na posição de "deus", onde ele queria determinar quem nasce e quem vive, pois bem, as imposições do estado, não são maior que as leis de Deus, chegará a hora que Faraó descobrirá isso, tenha mais fé no seu Deus do que no estado, vemos na historia de Abraão, Isaque e até mesmo Jacó, já tinham estados em seus tempos, mas eles não misturaram-se com essas sociedades errôneas, ao contrario, Ló encontrou-se com o estado, e passou conviver com essa corja, o que lhe aconteceu foi que ele quase foi destruído em Sodoma, antes vivesse como um nômade, vagando de terras em terras, essa é a lição dos patriarcas, o porque Deus lhe determinará, sai de tua parentela, e vai a terra que te mostrarei, Deus apenas fazia que os homens fossem limpos dos costumes "regionais" e "ideologias bairristas" que apenas atrasaria seu projeto de nação de Israel. Moisés nasce nesse contexto, impedido de nascer, mesmo sem ter escolhido esse destino, agora era impedido por normas governamentais de viver, e por isso teria que ficar distante de seus pais, era difícil escapar da escravidão do Egito, o povo de Israel era duramente perseguido, uma mulher com crianças e um pai, não conseguiriam fugir sem serem pegos, e o risco era gigantesco, a unica alternativa, para preservar a vida da criança e dos demais filhos, era essa, vemos uma mulher colocando a criança em uma cesta no rio, como uma atrocidade, mas não é bem dessa forma, era a unica saída da criança, ele estava agora nas mãos de Deus, seria Deus quem levaria a correnteza da criança para o caminho que deveria seguir.
EXO 2:5 E a filha de Faraó desceu a lavar-se ao rio, e passeando suas virgens pela beira do rio, viu ela a cesta entre os juncos, e enviou uma criada sua a que a tomasse.
EXO 2:6 E quando a abriu, viu ao menino; e eis que o menino chorava. E tendo compaixão dele, disse: Dos meninos dos hebreus é este.
EXO 2:7 Então sua irmã disse à filha de Faraó: Irei a chamar-te uma ama das hebreias, para que te crie este menino? As pessoas não tinham as raças tão mescladas como temos hoje, por essa razão entendemos que era fácil identificar as diferenças entre pessoas, o Egito era portanto um exemplo de nação fascista, eles definiam-se como maiores e uma raça superior as demais, além de enxergar o povo hebreu como malditos, por serem pastores de rebanho. A correnteza do rio foi em direção a família real, foi proposito divino, que Moisés tivesse uma vida real para que fosse bem educado e tratado, para a missão que receberia de Deus, de governar o povo de Israel.
EXO 2:8 E a filha de Faraó respondeu: Vai. Então foi a virgem, e chamou à mãe do menino;
EXO 2:9 À qual disse a filha de Faraó: Leva este menino, e cria-o para mim, e eu te o pagarei. E a mulher tomou ao menino, e o criou. Justamente foi proposito de Deus que a correnteza levasse Moisés por aquele caminho, e ainda por cima sua mão pudesse cria-lo, antes ele seria criado a custa de sangue, agora sua mãe o criaria e ainda receberia para isso, Deus muda as historias, e Moisés terá sua historia baseado em mudanças, e o intervir de Deus em suas vidas.
EXO 2:10 E quando cresceu o menino, ela o trouxe à filha de Faraó, a qual o adotou, e pôs-lhe por nome Moisés, dizendo: Porque das águas o tirei. Moisés (em hebraico: מֹשֶׁה; moderno: Moshe tiberiano: Mōšé; em grego: Mωϋσῆς, Mōüsēs; em árabe: موسىٰ, Mūsa); que significa "tirado das águas", o profeta não recebe um nome egípcio, isso pode ser associado ao fato de Moisés ser hebreu, e o povo do Egito não ter a intenção de misturar-se com hebreus, eles apenas adorariam por misericórdia, a mão de Moisés, ao menos na cultura popular, é associada ao fato de ser estéril e não ter filhos, logo esse motivo é associado ao fato dela não permitir que Moisés fosse morto.
EXO 2:11 E naqueles dias aconteceu que, crescido já Moisés, saiu a seus irmãos, e viu suas cargas: e observou a um egípcio que feria a um dos hebreus, seus irmãos.
EXO 2:12 E olhou a todas as partes, e vendo que não parecia ninguém, matou ao egípcio, e escondeu-o na areia.
EXO 2:13 E saiu ao dia seguinte, e vendo a dois hebreus que brigavam, disse ao que fazia a injúria: Por que feres a teu próximo? Moisés era adotado pelos egípcios mas tinha a ciência de ser hebreu, e não queria ver seus irmãos sofrendo as atrocidades que ocorriam a eles, ao ver um hebreu a ponto de ser morto, ele mata o egípcio. O fato era para ser visto como um ato heroico e de ajuda pelo povo hebreu, mas ao invés disso, é visto com rancor, temos que entender que o povo quando é alienado, a não ser que venha o despertar do Espirito Santo, ele sempre será alienado, eles preferem o conformismo, do que a libertação, em alguns momentos a insurreição é o mais indispensável das atitudes, mas por medo e por miséria, não nos libertamos, nossos ditadores, muitas vezes são barreiras impostas sobre nossos próprios olhos.
EXO 2:14 E ele respondeu: Quem te pôs a ti por príncipe e juiz sobre nós? Pensas matar-me como mataste ao egípcio? Então Moisés teve medo, e disse: Certamente esta coisa é descoberta.
EXO 2:15 E ouvindo Faraó este negócio, procurou matar a Moisés: mas Moisés fugiu de diante de Faraó, e habitou na terra de Midiã; e sentou-se junto a um poço. Sobre Midiã (em hebraico: מִדְיָן) ou Madiã (em árabe: مَـدْيَـن; em grego: Μαδιάμ) é uma zona geográfica mencionada na Torá e no Alcorão. William G. Dever afirma que a região de Midiã se situava no noroeste da península Arábica, na margem oriental do golfo de Ácaba no mar Vermelho", uma área que só foi povoada intensivamente a partir dos séculos VIII e VII antes de Cristo. Alguns teólogos e historiadores, entendem que Moisés habitou com os povos do deserto, eram geralmente grupos nômades que viviam migrando por aquelas regiões de Midiã, e nesse contexto lá ficou em segurança, de certa forma, a habitação e estilo de vida que esses povos viviam, era similar ao povo hebreu.
EXO 2:16 Tinha o sacerdote de Midiã sete filhas, as quais vieram a tirar água, para encher os bebedouros e dar de beber as ovelhas de seu pai.
EXO 2:17 Mas os pastores vieram, e expulsaram-nas: Então Moisés se levantou e defendeu-as, e deu de beber às suas ovelhas. 
EXO 2:18 E voltando elas a Reuel seu pai, disse-lhes ele: Por que viestes hoje tão cedo?
EXO 2:19 E elas responderam: Um homem egípcio nos defendeu da mão dos pastores, e também tirou a água, e deu de beber as as ovelhas. Moisés defendeu aqueles que precisavam, a água é Deus quem deu, o ar e a terra é de Deus, o homem entretanto põe um nome e diz que é dele, o mercado capital é uma abominação, e já naquele tempo os homens queriam depender desses meios, cuidado, não fique nessa achando que a humanidade trabalha em conjunto pelo bem, os homens querem distanciar-se de Deus.
EXO 2:20 E disse a suas filhas: E onde está? Por que deixastes esse homem? Chamai-lhe para que coma pão.
EXO 2:21 E Moisés concordou em morar com aquele homem; e ele deu a Moisés a sua filha Zípora:
EXO 2:22 A qual lhe deu à luz um filho, e ele lhe pôs por nome Gérson: porque disse: Peregrino sou em terra alheia. Moisés sabia que deveria estar com seu povo, ainda que tivesse medo de voltar, seu sogro era um homem com muitas filhas, e para ele compensava ter um marido para suas filhas, e que ficasse com ele, o ajudando, Moisés estava fugindo da morte no Egito, e agora salvaria-se em Midiã, seria bem tratado pelos amigos que faria por lá, e estaria seguro da morte, Deus o salvou e o guiou, mas ele ainda não entendia sobre Deus, ele não entendia de quem eram suas bençãos.
EXO 2:23 E aconteceu que depois de muitos dias morreu o rei do Egito, e os filhos de Israel suspiraram por causa da servidão, e clamaram: e subiu a Deus o clamor deles com motivo de sua servidão.
EXO 2:24 E ouviu Deus o gemido deles, e lembrou-se de seu pacto com Abraão, Isaque e Jacó.
EXO 2:25 Deus olhou os filhos de Israel, e Deus os reconheceu. Quando o povo clama, Deus ouve, e intercede, o povo hebreu começaria a clamar agora, e deveria ter clamado antes, Deus apenas não intercedeu pelo povo, porque o povo não clamava, levou diversos anos para que o povo começasse a clamar.

Notas e referencias do autor

- Segue os créditos a Blive, responsável pelo comitê de tradução da Bíblia livre.  
- Os comentários são sempre escritos em negrito.  
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver.  
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo e arqueólogo bíblico pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.

Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.

Lucas Ajudarte quarta-feira, 26 de setembro de 2018
A escravidão no Egito (Bíblia comentada - Êxodo 1)

Introdução de Êxodo comentado


O livro de Êxodo é um livro que representa a escravidão, e ao mesmo tempo a vitoria, o povo de Israel tornou-se colonia, uma guerra espiritual afeta os filhos de Jacó, justamente Êxodo significa "saída", onde é demonstrado como o povo saiu da crise.

A escravidão no Egito (Bíblia comentada - Êxodo 1)
Escravidão, uma dura realidade


Êxodo 1 comentado


EXO 1:1 Estes são os nomes dos filhos de Israel que entraram em Egito com Jacó; cada um entrou com sua família:
EXO 1:2 Rúben, Simeão, Levi e Judá;
EXO 1:3 Issacar, Zebulom e Benjamim;
EXO 1:4 Dã e Naftali, Gade e Aser.
EXO 1:5 Assim, todas as pessoas que descenderam do corpo de Jacó foram setenta. Porém José estava no Egito. Esses são os doze patriarcas tribais de Israel, eles entravam na terra do Egito, como forasteiros, José embora já estava, era submisso ao Faraó, era um escravo, e talvez pelo comodismo, os demais irmãos não tentaram mobilizar-se para voltar a Canaã, o Egito era prospero e fértil, tudo parecia seguro, mas eles estavam depositando confiança em um homem chamado Faraó, um líder de uma potencia estrangeira, que tinha escravizado o próprio povo, como Narrado em Gênesis 47 comentado, isso é indicio de que acabaria mal, não tem como dar certo, e permanecer em paz eternamente com o mundo, algumas vezes ele te ignora, mas quando você não está com a mente ligada para perceber, é tarde demais.
EXO 1:6 Depois que morreram José, todos os seus irmãos, e toda aquela geração,
EXO 1:7 os filhos de Israel cresceram e multiplicaram, e foram aumentados e fortalecidos grandemente; de maneira que a terra encheu-se deles. O conforto fez com que Israel não despertasse homens de fé, num período de extrema fartura, sem nenhuma prova, é praticamente impossível que desperte alguém que sobressaia a maioria, em Israel estava dessa forma, eles não prestavam a atenção, de que quando nenhum tiro é disparado, você só sabe que está em guerra depois de perder.
EXO 1:8 Levantou-se, entretanto, um novo rei sobre o Egito, que não conhecia José.
EXO 1:9 Ele disse ao seu povo: Eis que o povo dos filhos de Israel é maior e mais forte que nós;
EXO 1:10 Agora, pois, sejamos astutos para com ele, a fim de que não se multiplique, e aconteça que caso venha guerra, ele se alie com nossos inimigos, lute contra nós, e saia do país. O pensamento era simples, o Egito via o povo de Israel como mão de obra escrava, de certa forma eles já era escravos mesmo antes desse novo rei do Egito, apenas não sabiam, os egípcios temiam que o povo hebreu alia-se a alguma tribo ou grupo sectário, podendo causar desordem ao controle faraônico, e até mesmo conseguindo fugir do pais, o Egito não aceitaria um povo forte que não respeitasse suas crenças e culturas, dentro de seu próprio território, esse seria um grande erro, eles então interviriam.
EXO 1:11 Então puseram sobre [o povo de Israel] capatazes para os oprimirem com trabalhos forçados; e edificaram a Faraó as cidades de armazenamento, Pitom e Ramessés.
EXO 1:12 Porém, quanto mais os oprimiam, mais se multiplicavam e cresciam. Por isso eles detestavam os filhos de Israel.
EXO 1:13 Assim os egípcios fizeram os filhos de Israel servirem duramente, O povo egípcio queriam erradicar o povo de Israel, apenas não o destruíram até esse ponto, porque eles dependiam de mão de obra barata, e dessa forma queriam manipular os israelitas, através do medo e da maldade.
EXO 1:14 e amargaram a vida deles com dura servidão, em fazerem barro e tijolos, em todo trabalho do campo, e em todo o seu serviço, ao qual os obrigavam com rigor. Curiosamente até os dias de hoje, existem a fabricação de tijolos da mesma forma que do tempo da servidão.
EXO 1:15 E o rei do Egito falou às parteiras das hebreias, uma das quais se chamava Sifrá, e outra Puá, e disse-lhes:
EXO 1:16 Quando fizerdes o parto das hebreias, e olhardes os assentos, se for filho, matai-o; e se for filha, então viva. O plano de Faraó era reduzir a população masculina e não fortalecer um possível poder militar israelita, as mulheres não fortaleceriam Israel, elas por conta de culturas caldeias, anteriores ao tempo do Egito, entendiam que as mulheres não tinham direito a voz politica ou religiosa.
EXO 1:17 Mas as parteiras temeram a Deus, e não fizeram como o rei do Egito lhes mandara; em vez disso, preservaram a vida dos meninos.
EXO 1:18 E o rei do Egito mandou chamar às parteiras e lhes perguntou: Por que fizestes isto, que preservastes a vida dos meninos?
EXO 1:19 As parteiras responderam a Faraó: As mulheres hebreias não são como as egípcias; pois são fortes, de maneira que dão à luz antes que a parteira chegue a elas.
EXO 1:20 E Deus fez bem às parteiras. E o povo se multiplicou, e se fortaleceu muito. Faraó não poderia matar aquele que temia a Deus, assim era as parteiras das mulheres hebreias, podemos analisar que o povo de Israel é protegido por Deus, mas ainda sim, estão em uma guerra espiritual, as parteiras representam a classe medica daquele tempo, chamo a atenção de que nos dias de hoje, existem médicos bons, admiro alguns nomes, de alguns bons homens da saúde como Lair Ribeiro, ou mesmo o Doutor Pedroza, entre outros grandes médicos no Brasil, mas também temos medico sujos, que tratam o povo como bicho, como animal, o bom medico será recompensado por Deus, o mal medico será miserável e maldito, naquele grande dia, certamente pagará.
EXO 1:21 E por as parteiras terem temido a Deus, ele constituiu famílias a elas.
EXO 1:22 Então Faraó deu a todo o seu povo a seguinte ordem: Lançai no rio todo filho que nascer, e a toda filha preservai a vida.

Outros capítulos de Êxodo comentado

1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - 14 - 15 - 16 - 17 - 18 - 19 - 20 - 21 - 22 - 23 - 24 - 25 - 26 - 27 - 28 - 29 - 30 - 31 - 32 - 33 - 34 - 35 - 36 - 37 - 38 - 39 - 40.

Notas e referencias do autor

- Segue os créditos a Blive, responsável pelo comitê de tradução da Bíblia livre. 
- Os comentários são sempre escritos em negrito. 
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver. 
- Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo e arqueólogo bíblico pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.

Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.

Lucas Ajudarte terça-feira, 25 de setembro de 2018
A morte de José (Biblia comentada - Gênesis 50)

Introdução a Gênesis 50 comentado


O capitulo de Gênesis 50 comentado, é o ultimo de Gênesis, e também é a morte de José, ele viveu como um homem de Deus, ainda que cumprisse a escravidão no Egito, Faraó mesmo o feito governador, jamais lhe deu a liberdade, até mesmo para enterrar seu pai, ele teria que pedir permissão para sair do Egito, curiosamente José em morte, conseguiria a liberdade. 

A morte de José (Biblia comentada - Gênesis 50)
Gênesis 50 comentado

Gênesis 50 comentado


GEN 50:1 Então se lançou José sobre o rosto de seu pai, e chorou sobre ele, e o beijou. A dor de perder um pai ou uma mãe, todos que tem mais de 40 anos, ou ao menos a grande maioria, já conhece essa sensação, lembramos todas as vezes que poderíamos ser mais próximos de nossos pais, mas escolhemos a distancia pelos mais diversos motivos, em outras ocasiões, escolhemos o mundo ao nossos pais, ou cedemos a magoas por fatos ocorridos no passado, um bom cristão não fica preso a magoas, ou a momentos, temos que seguir em frente se queremos viver em paz com todos, grande maldição é enterrar seu pai, com magoas dele, ou sabendo que terminaram sua relação com intrigas e irritações, não faça isso! Caso você ainda o tenha próximo, o faça sentir amado agora, diga que ele é especial agora, quando ele morrer, tudo tornará apenas passado.
GEN 50:2 E mandou José a seus servos médicos que embalsamassem a seu pai; e os médicos embalsamaram a Israel.
GEN 50:3 E cumpriam-lhe quarenta dias, porque assim cumpriam os dias dos embalsamados, e choraram-no os egípcios setenta dias. Muitos podem não saber, o processo de embalsamação, nada mais é do que o mesmo que "mumificar", isso mesmo, Jacó foi transformado em múmia, no Egito apenas pessoas com grande poder e autoridade tinham essas permissões, além de que o processo de mumificação era caro, nem todos tinham acesso a esse tipo de serviço. Jacó não foi sepultado com o intuito de manter a tradição ou em cumprimento dos costumes do Egito, o motivo raiz para isso, é que ele fosse enterrado na terra de Canaã, ele desejava ser enterrado ao lado de Lia, e seus antepassados, e com o processo de embalsamação, o corpo seria preservado por um tempo maior, até que eles chegassem ao local do enterro, e os quarenta dias, nada mais são do que o tempo que leva, para o corpo secar do processo de embalsamação, por essa razão o luto durava 40 dias, apenas pela preservação do corpo, não tinha nenhuma razão religiosa.
GEN 50:4 E passados os dias de seu luto, falou José aos da casa de Faraó, dizendo: Se achei agora favor em vossos olhos, vos rogo que faleis aos ouvidos de Faraó, dizendo:
GEN 50:5 Meu pai me fez jurar dizendo: Eis que eu morro; em meu sepulcro que eu cavei para mim na terra de Canaã, ali me sepultarás; rogo, pois, que vá eu agora, e sepultarei a meu pai, e voltarei.
GEN 50:6 E Faraó disse: Vai, e sepulta a teu pai, como ele te fez jurar.
GEN 50:7 Então José subiu a sepultar a seu pai; e subiram com ele todos os servos de Faraó, os anciãos de sua casa, e todos os anciãos da terra do Egito.
GEN 50:8 E toda a casa de José, e seus irmãos, e a casa de seu pai: somente deixaram na terra de Gósen seus filhos, e suas ovelhas e suas vacas. O fato de José ter pedido permissão a Faraó para ter ido enterrar seu pai, e ainda ter sido acompanhado pelos servos de Faraó, mostra uma realidade, ele não era livre, isso mesmo, José era o governador do Egito, mas também era um escravo, ele tornava-se alguém importante, uma autoridade por aquelas terras, mas não tinha a própria liberdade, Faraó nunca o aboliu da escravidão, mesmo com todas as suas ações boas por ele, José tornou Faraó o homem mais rico daquelas terras, e a fortuna de Faraó, perpetuaria-se por séculos, diversas gerações de reis poderosos, devido ao poder que José administrou e multiplicou sobre as mãos do Faraó, mas por uma questão de confiança Faraó não recusa o pedido de José, em seguir a Canaã, e enterrar seu pai.
GEN 50:9 E subiram também com ele carros e cavaleiros, e fez-se um esquadrão muito grande.
GEN 50:10 E chegaram até a eira de Atade, que está à outra parte do Jordão, e lamentaram ali com grande e muito grave lamentação: e José fez a seu pai luto por sete dias.
GEN 50:11 E vendo os moradores da terra, os cananeus, o pranto na eira de Atade, disseram: Pranto grande é este dos egípcios: por isso foi chamado seu nome Abel-Mizraim, que está à outra parte do Jordão. José tinha consigo um grande esquadrão, naturalmente os moradores locais, no caso os cananeus, eles tem medo de uma invasão dos egípcios, pois o Egito era um pais conquistador, mas logo eles entendem que não tratava-se de uma invasão militar, e sim de um luto. trazendo a pais a todos.
GEN 50:12 Fizeram, pois, seus filhos com ele, segundo lhes havia mandado:
GEN 50:13 Pois seus filhos o levaram à terra de Canaã, e o sepultaram na caverna do campo de Macpela, a que havia comprado Abraão com o mesmo campo, para herança de sepultura, de Efrom o heteu, diante de Manre.
GEN 50:14 E voltou José ao Egito, ele e seus irmãos, e todos os que subiram com ele a sepultar a seu pai, depois que o sepultou.
GEN 50:15 E vendo os irmãos de José que seu pai era morto, disseram: Talvez José nos odeie, e nos retribua de todo o mal que lhe fizemos. Os irmãos agora com a morte de seu pai, temiam a morte, eles não confiavam em José, ainda temiam que o Egito teria transformado seu irmão, ou mesmo que algo pudesse acontece-los.
GEN 50:16 E enviaram a dizer a José: Teu pai mandou antes de sua morte, dizendo:
GEN 50:17 Assim direis a José: Rogo-te que perdoes agora a maldade de teus irmãos e seu pecado, porque mal te trataram: portanto agora te rogamos que perdoes a maldade dos servos do Deus de teu pai. E José chorou enquanto falavam. José não tinha plano de mata-los, assim como Isaque e Ismael, em momentos opostos, não reprimiram-se com lutas e contendas, ou Esaú e Jacó, Deus amolecia o coração de José, pela paz entre os irmãos, na infância é normal os irmãos brigarem, algumas brigas tem duras consequências. Agora José escolheria o mesmo destino de paz, como Ismael e Esaú, não seria feito guerra a seu pai, e sim haveria paz.
GEN 50:18 E vieram também seus irmãos, e prostraram-se diante dele, e disseram: Eis-nos aqui por teus servos.
GEN 50:19 E respondeu-lhes José: Não temais: estou eu em lugar de Deus?
GEN 50:20 Vós pensastes mal sobre mim, mas Deus o encaminhou para o bem, para fazer o que vemos hoje, para manter em vida muito povo.
GEN 50:21 Agora, pois, não tenhais medo; eu sustentarei a vós e a vossos filhos. Assim os consolou, e lhes falou ao coração.
GEN 50:22 E esteve José no Egito, ele e a casa de seu pai; e viveu José cento dez anos. José viveu em paz com seus irmãos, ao analisarmos, entendemos que seus irmãos e os descendentes de Jacó, poderiam ter voltado antes a terra de Canaã, sabemos entretanto que José estava em estado de escravidão, ele tornou-se um escravo, e mesmo sendo governador do Egito, ele ainda estava preso a essa condição, curiosamente José tornaria-se livre em leito de morte, apenas dessa forma, ele alcançou a liberdade, por diversas razões podemos associar que os descendentes de Jacó não tentariam retornar em vida para Canaã.
GEN 50:23 E viu José os filhos de Efraim até a terceira geração: também os filhos de Maquir, filho de Manassés, foram criados sobre os joelhos de José.
GEN 50:24 E José disse a seus irmãos: Eu me morro; mas Deus certamente vos visitará, e vos fará subir desta terra à terra que jurou a Abraão, a Isaque, e a Jacó.
GEN 50:25 E fez jurar José aos filhos de Israel, dizendo: Deus certamente vos visitará, e fareis levar daqui meus ossos. Os irmãos de José chorariam sua morte, não é descrito qual outros irmãos ainda estavam vivos, José não era o mais velho, não sendo impossível que mais deles já não tinham morrido, José praticamente profetiza a escravidão, que apenas Deus poderia leva-los de volta a Canaã, os Faraós não permitiriam seus retornos, uma luta entre os Israel e o Egito era questão de tempo, mas o Egito venceria, se ela fosse conduzida de forma natural, apenas o sobrenatural de Deus poderia salva-los. José também não queria ser enterrado no Egito, assim como os demais patriarcas, ele gostaria de ser enterrado em outro lugar, e partir junto com Canaã.
GEN 50:26 E morreu José da idade de cento e dez anos; e embalsamaram-no, e foi posto num caixão no Egito.


Outros capítulos de Gênesis comentado:


1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - 14 - 15 - 16 - 17 - 18 - 19 - 20 - 21 - 22 - 23 - 24 - 25 - 26 - 27 - 28 - 29 - 30 - 31 - 32 - 33 - 34 - 35 - 36 - 37 - 38 - 39 - 40 - 41 - 42 43 - 44 - 45 46 47 - 48 - 49 - 50.


 Notas e referencias de pesquisas

- Segue os créditos a Blive, responsável pelo comitê de tradução da Bíblia livre.
 - Os comentários são sempre escritos em negrito.
 - Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver.
 - Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo e arqueólogo bíblico pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG.

Compartilhe essa postagem com seus amigos e familiares, receba Reflexões Cristãs por WhatsApp (19) 993702148.
- Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver. Fonte: https://www.reflexoescristas.com/2018/09/biblia-comentada-genesis-49.html
- Segue os créditos a Blive, responsável pelo comitê de tradução da Bíblia livre. - Os comentários são sempre escritos em negrito. - Todas as referencias externas, serão demonstradas aqui, se houver. - Os comentários são de Lucas Ajudarte, teólogo e arqueólogo bíblico pela Faculdade de teologia nacional de São Lourenço MG. Fonte: https://www.reflexoescristas.com/2018/09/biblia-comentada-genesis-49.html

Lucas Ajudarte segunda-feira, 24 de setembro de 2018