Tomé 'Senhor meu, Meu Deus' - Reflexões Cristãs - Estudos e Mensagens Bíblicas Tomé 'Senhor meu, Meu Deus'

Translate

Tomé 'Senhor meu, Meu Deus'

Tomé reconhece Jesus Cristo como Deus Verdadeiro

O reconhecimento dado a Jesus por Tomé é algo que precisa ser explorado para entendermos a divindade de Jesus, uma vez que Tomé e todos os demais apóstolos conhecidos eram judeus, de facções messiânicas, como essênios, zelotes e fariseus, de forma que eles tinham um entendimento sobre a divindade, que de fato não divergia do pregado por Jesus.

O conceito judaico sobre a divindade não pode ser esquecida

Na visão judaica o shema apresentado no pentateuco é claramente resultante de uma fé clara, só existe um Deus para os judeus, e Este se manifestava sempre que Israel clamava, foi assim na escravidão no Egito, foi assim quando foram dominados pelos filisteus, babilônicos e também pelos persas, sempre que Israel voltava para o Deus de seus ancestrais, e clamava por socorro, nesse momento ocorria a salvação.


Representação artística de Tomé e Jesus


Tomé assim como Jesus era conhecedor do shemá, e do monoteísmo adotado por todos os judeus, assim como todos os demais apóstolos, o reconhecimento de Tomé não era de um descrente e alguém sem conhecimento sobre o que dizia.

De fato Deus é apenas Um, e Jesus reconhecia isso, assim como todos os demais apóstolos, a divindade também sempre que se manifestava aos juízes e profetas, se autoproclamava único Deus verdadeiro, deixando claro o monoteísmo absoluto.


O Senhor, o Rei e Salvador de Israel, o Deus Todo-Poderoso, diz:

“Eu sou o primeiro e o último, além de mim não há outro deus. 7 Haverá outro que seja igual a mim?

Pois que venha à minha presença, apresente as suas razões e prove que está dizendo a verdade.

Quem anunciou tudo o que ia acontecer?

Já houve alguém que desde o princípio

sempre pudesse contar as coisas do futuro?

8 Meu povo, não tenha medo, nem fique apavorado!

Não é verdade que desde o princípio eu sempre anunciei a vocês o que ia acontecer?

Vocês são minhas testemunhas de que isso é verdade. Será que há outro deus além de mim?

Não! Não existe outro protetor; eu não conheço nenhum.” Isaias 44:6-8


Jesus é reconhecido como Deus verdadeiro

Tomé era o mais cético sobre a ressureição de Jesus, a ponto que ele precisou ver para crer, mesmo vendo todos os milagres que Jesus fazia, o ceticismo e o remorso de ter abandonado Jesus o cercava em sua consciência, mas quando viu Cristo ressuscitado, Tomé então reconhece o que estava diante dos seus olhos o tempo todo, o que ele ouvia e mesmo assim relutava em acreditar, Deus estava em sua frente manifestado em carne:

“Coloque seu dedo aqui; veja minhas mãos . Estenda a mão e coloque no meu lado. Pare de duvidar e creia. ”  Disse-lhe Tomé:“ Meu Senhor e meu Deus! ”  João 20: 27-28

Alguns precisam ver para crer

Assim como Tomé, muitos cristãos ainda estão na incredulidade, alguns por falta de conhecimento, outros por mera idolatria a dogmas e estatutos religiosos, fato é que a grande maioria não entender que Deus é Jesus Cristo, e que somente podemos encontrar a divindade quando encontrarmos Jesus.

Um encontro com Cristo é vital para a compreensão dos tesouros da sabedoria e do entendimento, uma vez que reconhecemos Jesus, passamos a entender que Deus nos amou, e reconciliou com a humanidade, nossos pecados foram perdoados, nossas vergonhas foram levadas na cruz, para isso, basta crer na mensagem da Cruz, pois Deus sentiu o que sentimos, presenciou todas as dificuldades da vida humana, em Cristo Jesus estava o Deus verdadeiro, ensinando que o amor transforma, que precisamos amar tanto a Deus como ao próximo, pois somente assim encontraremos mudanças.

Muitos amam mais teologias do que a Deus, outros amam mais a sua religião e bandeira politica as pessoas, esse é o mal que Jesus combateu, em sua vida terrena, Ele não condenou uma adultera, ele ajudou um oficial romano, mesmo seu povo sendo responsável pela servidão que os judeus viviam, perdoou o ladrão na cruz, e seu julgamento deu uma segunda chance a um bandido como Barrabás, a historia de Cristo, simplesmente quebrou todos os paradigmas, os Judeus que esperavam um Messias guerreiro que sanguinário para libertar Israel por meio de uma carnificina, optou por pregar que seu reino não era desse mundo, e que era escravo de todos para servir a todos, por amor.


Leia textos relacionados sobre a Unicidade de Deus:  

👉 A dupla natureza de Jesus Cristo.

👉  Rejeite todas as noções não bíblicas sobre Deus.

👉 23 Versículos que provam a Unicidade de Deus

👉  O plural de majestade de acordo com a teologia monoteísta.

👉 O que a bíblia diz sobre a idolatria? 

👉 O que é a Unicidade de Deus? 

👉 Qual é o nome de Deus? 

👉 Leia nosso livro "Noiva vs Prostituta" publicado gratuitamente no Wattpad.  

👉 Se Jesus era Deus, porque Ele orava? 


 Este blog produz opiniões e textos independentes em uma perspectiva cristã com atualizações todos os domingos, Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp ou Telegram (19) 993702148.

Comentarios

Postagem Anterior Próxima Postagem
Reflexões Cristãs - Estudos e Mensagens Bíblicas