Jesus segundo a arqueologia e as enciclopédias

 Jesus segundo as revistas enciclopédicas 



Assim como no ramo teológico que também abrange em suas ramificações a questão histórica, o próprio fato de analise de documentos históricos são controversos, pois existem muitos Historiadores que dão a entender que Jesus nem mesmo existiu e outros que afirmam que existiu e foi alias casado, e muitos insinuam que Jesus não apenas foi casado mas também teve filhos, além é claro do próprio conceito bíblico com sua interpretação histórica, onde Jesus existiu, e foi criado por uma mulher de nome Maria e um pai chamado José.
Os que defendem a crença de que Jesus jamais existiu afirmam que o motivo é a similaridade da historia de Jesus com a historia de deuses pagãos oriundos das culturas sumérias, alem também de outros povos pagãos antigos, argumento que por sua vez é muito fraco, pois a historia de Jesus apresenta narrativas onde nada se condizem com as culturas pagãs por começar de que Jesus apresenta um "Evangelho" ou mesmo uma mensagem se apresentando em uma missão, onde nas culturas pagãos é apresentado enredos encarnacionais de deuses filhos de outros deuses podendo sim de certa forma contaminando doutrinas do cristianismo ou daqueles que se converteram conforme os tempos, mas em hipótese alguma isso é prova para a não existência de um homem chamado Jesus, onde os próprios Judeus admitem sua existência, embora o nome e títulos empregados ao mesmo eram diferentes.

Jesus segundo a arqueologia e as enciclopédias - Arqueologia Bíblica
O que a historia diz sobre Jesus?


Sobre alguns estudos históricos que afirmam que Jesus foi casado, são geralmente atribuídos a algumas descobertas de escritos, geralmente de lares antigos de grupos heréticos envolvidos com o gnosticismo, um dos textos que defendem essa posição é "o evangelho da Esposa de Jesus", uma determinada estudiosa chamada Karen King é uma professora de história eclesiástica da Universidade de Harvard, a mesma segundo um cuidadoso estudo e pesquisa sobre o assunto após analise linguística do manuscrito, detectou o mesmo sendo falso, mas ainda sim existem inúmeros céticos que defendem essa posição.
Há também uma grande verdade a ser dita que perante estudoscuidadoso, pouco se acha sobre Jesus no que se diz respeito aos seus Trinta primeiros anos, sendo assim é difícil dizer que ele não foi casado ou mesmo não teve filhos, onde uma verdade que precisa ser preservada, é que houve um homem chamado Jesus e esse homem teve todas as necessidades que um homem tem e também desejos, e não haveria nenhum pecado ou problema se o mesmo ter ou não ter durante sua vida uma família convencional como uma esposa e também filhos, mas não existe a menor probabilidade de ser provado que o mesmo ocorreu, portanto sendo assim, é convencional dizer que a unica prova evidente seria deduzir que Jesus não possuiu filhos ou esposa.

 É importante ressaltar que a Bíblia é a mais eficiente e descritiva possível sobre a existência e a Vida terrena de Jesus de Nazaré, não podendo ser dispensada, para aquele que possui o desejo de conhecer Jesus, apenas recomendo a leitura da Bíblia.

Segundo Históricos e teólogos, muitos deles do período da idade media, Jesus teve Origem e também uma "filiação" com os essênios, pois em uma analise  sobre esse grupo, é fácil identificar similaridade de Jesus com os Essênios bem também como o seu aspectos doutrinário, é comum ouvir menção na doutrina essenia, termos como "Amor incondicional de DEUS" e também "palavras de divino amor" e os antigos essênios tinham crenças que um reino futuro de Deus estava próximo e eram messiânicos e portanto acreditavam na vinda de um MESSIAS prometido.

Blog reflexões cristãs levando mensagens cristãs, estudos bíblicos, devocionais e pensamentos e reflexões a todos, inscreva-se em nosso canal e siga-nos em nossas redes sociais.

Patrocinado

Conteúdos correspondentes

Recomendações para você