"Remédios que curam não são rentáveis" diz Nobel de medicina

Nobel da medicina faz acusações graves contra a industria farmacêutica


É comum ouvir dizer que alguns remédios são ineficientes, para não dizer imuteis, fora o fato de que todos os remédios possuem efeitos colaterais, alguns problemas antigos são amenizados e outros novos aparecem, isso porque a formula da grande maioria dos remédios não possuem a finalidade de curar o doente, e sim um efeito analgésico, que apenas diminua o problema, ou resolva ele devagar, a ponto que quando a pessoa chegar até a sonhada cura, um novo problema irá aparecer.



Isso é o que diz muitos médicos pelo mundo, mas ainda sim quando essa informação chega as massas populares, geralmente é rejeitada, e recebe uma conotação negativa, como fake news, ou mesmo uma teoria da conspiração, mas quando um medico ganhador do Nobel em medicina diz isso, fica cada vez mais difícil para a elite, dona de grandes empresas farmacêuticas tamparem o sol com a peneira, a ponto que jornais do mundo inteiro já repercutem a fala de um bioquímico e biólogo molecular inglês Sir Richard J. Roberts, que disse literalmente:

A indústria farmacêutica na realidade não quer curar ninguém, e por um motivo muito simples e direto: a cura é menos rentável que a doença.

Roberts ainda foi além ao dizer:

Sua principal questão é o quão ético e correto pode ser uma indústria com a importância da farmacêutica ser regida pelos mesmos princípios e valores que o mercado capitalista.

A denuncia do biomédico ainda prossegue onde ele alega que: a indústria prefere investir em pesquisas que venham a ser rentáveis, muitas vezes não pela cura, mas para remédio que realizam espécie de manutenção da cronicidade de uma doença.“O que é bom para os dividendos das empresas nem sempre é bom para as pessoas”, ele diz. “Nós estamos falando sobre nossa Saúde, nossas vidas e as dos nossos filhos e de milhões de seres humanos. Mas se eles são rentáveis investigarão melhor”.

Sua fala em sua entrevista a um jornal inglês, que polemizou recentemente, que logo diversos jornais pelo mundo fizeram inúmeras reportagens sobre a fala do biomédico, como  hypeness, jornal farol reprisaram a fala do medico, varias matérias relacionadas foram postadas por jornais como folha de São Paulo que chegou a dizer "Remédios são venenos" em um titulo de uma reportagem sobre o tema.

Richard J. Roberts ainda fez outras acusações graves contra a industria farmacêuticas: “Se só pensarem em lucros, deixam de se preocupar com servir os seres humanos. Eu verifiquei a forma como, em alguns casos, os investigadores dependentes de fundos privados descobriram medicamentos muito eficazes que teriam acabado completamente com uma doença. Mas as empresas farmacêuticas muitas vezes não estão tão interessadas em curar as pessoas como em tirar-lhes dinheiro e, por isso, a investigação, de repente, é desviada para a descoberta de medicamentos que não curam totalmente, mas que tornam crônica a doença e fazem sentir uma melhoria que desaparece quando se deixa de tomar a medicação”, ele acusa.

Porque os remédios não são eficientes?


Antes de mais nada, temos que deixar claro que não é que os remédios não são eficientes, a questão é o tempo que ele leva para trazer a prometida cura, se é que ela ira ocorrer, em segundo momento temos que pensar em outro fator decisivo, para curar uma doença, precisamos ter inúmeros outros problemas de saúde? Isso porque os remédios possuem efeitos e contra indicações, fora reações em algumas pessoas que podem ser pior do que o problema original.

Para entender o que é o remédio, temos que entender o que estaria por traz da cura, por exemplo, todas as doenças são causadas por excesso ou falta de algo, seja alimento ou habito de vida, portanto se você comer muitos doces, e alimentos ricos em frutose, e extremamente calóricos, você possivelmente ficara com diabético, essa é a logica, portanto basicamente são esses fatores, na maioria das vezes ligados a nossa alimentação que são as causadoras das doenças.

Mas isso gera um grande problema para a industria farmacêutica, isso porque se uma doença tem seus desenvolvimento a partir da falta ou excesso a alguma coisa, também significa que para tudo podemos ter um tratamento extremamente simples, na logica, através daquilo que está faltando em nossa alimentação, é certo portanto dizer que nossos alimentos podem ser a chave da cura para uma gripe, diabete, entre outras doenças, mas isso é algo encontrado por todos, de forma fácil e simples, dessa forma geraria grande prejuízo as industrias farmacêuticas, nesse modo, temos que entender como são feitos os remédios.

Para curar uma anemia, você não precisa comprar um sulfato ferroso, basta comer alimentos ricos em ferros, como algumas carnes vermelhas, beterraba, feijão, figado por exemplo é extremamente rico nesse componente, mas isso todos podem conseguir facilmente, então temos a ponto que uma empresa não pode patentear, algo que ela simplesmente pega na natureza, pois não é algo exclusivo e feito por ela, sua formulação não é nada novo, nem modificado.

Seguindo essa logica para que uma industria farmacêutica, crie um remédio, e possa patentear, a ponto que ninguém poderá usar, ela precisa criar um organismo artificial, que não exista em nossa realidade natural, então dessa forma, ela poderá vender seu produto, e ao mesmo tempo obrigar você a consumi-lo, exatamente por ser um organismo que até então não existia em nossas condições, nosso corpo ao receber o remédio tem reações, alguns dores de cabeça, alguns vômitos ou leves aumento na pressão, entre outros problemas, onde em algumas pessoas podem atingir de forma mais forte, em outras nem tanto, mas agora imagine ao consumir esse organismo que nosso corpo por natureza não é feito para receber, aos poucos esse organismo artificial atua como um veneno, destruindo e criando novas doenças em nossa saúde.

Obrigado por ler esse artigo, temos o Reflexões Cristãs como um espaço de mídia independente e cristão, não recebemos apoio de empresas, igrejas e instituições, compartilhe nossas matérias e nos ajude, receba artigos pelo WhatsApp 1999370-2148.

→Somos contra o fake news, em todos nossos artigos, possuímos fontes e referencias das noticias que divulgamos, caso não apresentado no artigo, basta solicitar pelo WhatsApp.

Nenhum comentário

Quem sou eu

Minha foto
Sou autor do BRC "Blog Reflexões Cristãs" e nesse espaço, defendo ideologias cristãs, a respeito dos mais diversos temas da sociedade, também divulgo centenas de estudos relacionados a ciência cristã, unicidade de Deus e outros temas teológicos diversos, caso queira sugerir um tema, ou tirar duvidas entre pelo WhatsApp (19) 993702148.