Tumulo do profeta Jonas trás descobertas surpreendentes

Sob o túmulo do profeta bíblico, uma surpresa arqueológica

Descobertas relacionadas aos profetas bíblicos, são importantes, principalmente na disputa geopolítica entre Israel e Palestina, os árabes questionam frequentemente a existência dos personagens considerados pelo judaísmo como prova da existência da antiga Israel bíblica.

Lamentavelmente o tumulo do profeta Jonas é constantemente atacado por terroristas como ISIS, e já encontra-se praticamente destruído, mas sua mensagem ainda possui relevância e força a favor de Israel.

No fundo dos túneis dos saqueadores cavados sob o túmulo de Jonas, na antiga cidade iraquiana de Nínive, os arqueólogos descobriram inscrições de 2.700 anos que descrevem o domínio de um rei assírio chamado Esarhaddon.

As sete inscrições foram descobertas em quatro túneis abaixo da tumba do profeta bíblico, que é um santuário sagrado para cristãos e muçulmanos. O santuário foi destruído pelo grupo Estado Islâmico (também chamado ISIS ou Daesh) durante sua ocupação de Nínive  de junho de 2014 a janeiro de 2017.

Aparentemente, os saqueadores apoiados pelo ISIS ou pelo ISIS cavaram os túneis para procurar tesouros arqueológicos dos reis assírios no atual Iraque, Ali Y. Al-Juboori, diretor do Centro de Estudos Assírios da Universidade de Mosul, escreveu em uma edição recente da o jornal Iraque. 
[Fotos: Cidade antiga descoberta no Iraque]


Tumulo do profeta Jonas trás descobertas surpreendentes


Decifrando inscrições

Os líderes de Kush em determinado momento governaram o Egito, de acordo com inscrições antigas encontradas em outros sítios arqueológicos. Essas inscrições também dizem que Esarhaddon derrotou os governantes de Kush e escolheu novos governantes para governar o Egito. 

Outra inscrição encontrada sob o túmulo de Jonas diz que Esarhaddon "reconstruiu o templo do deus Aššur [o deus principal dos assírios]", reconstruiu as cidades antigas de Babilônia  e Esagil e "renovou as estátuas dos grandes deuses".

As inscrições também falam da história da família de Esarhaddon, dizendo que ele é filho de Senaqueribe [reinado 704–681 aC] e descendente de Sargão II (reinado 721–705 aC), que também era "rei do mundo, rei da Assíria" . "

Sob o túmulo do profeta bíblico, uma surpresa arqueológica


Mais inscrições

Al-Juboori também traduziu quatro outras inscrições encontradas em Nínive, perto do Portão de Nergal (Nergal era o deus da guerra assírio), entre 1987 e 1992, por uma equipe arqueológica da Inspetoria de Antiguidades do Iraque. Os conflitos na área dificultaram a publicação das descobertas da equipe na época. 

As inscrições datam do reinado do rei Senaqueribe, e todos dizem que esse rei "tinha as paredes internas e externas de Nínive construídas de novo e erguidas no alto das montanhas". 

Os arqueólogos encontraram várias inscrições perto do túmulo de Jonas durante as escavações de 1987-1992. Um deles foi escrito em um objeto de barro em forma de prisma e discute as muitas conquistas militares de Esarhaddon, incluindo Cilicia (localizada na costa sul do que hoje é a Turquia). A inscrição transcrita chama Esarhaddon "aquele que pisa no pescoço do povo da Cilícia".

Esarhaddon afirma na inscrição que "cerquei, conquistei, saqueei, demoli, destruí e queimei com fogo vinte e uma de suas cidades, juntamente com pequenas cidades em seus arredores. ..." A inscrição também discute sua conquista de Sidom Líbano), alegando que o exército de Esarhaddon derrubou os muros da cidade e os jogou no mar Mediterrâneo.

Também foram encontrados restos de inscrições antigas de outros sites que o ISIS tentou saquear e destruir. Depois que a antiga cidade assíria de Nimrud foi recapturada em novembro de 2017, as inscrições sobreviventes  incluem uma que descreve uma colônia de macacos  que floresceu em Nimrud. 

Obrigado por ler esse artigo, temos o Reflexões Cristãs como um espaço de mídia independente e cristão, não recebemos apoio de empresas, igrejas e instituições, compartilhe nossas matérias e nos ajude, receba artigos pelo WhatsApp 1999370-2148.

Fontes, referencias e indicações de leitura

→Live Science, revista cientifica, 2018 Feb, 18.
→Daily Mail jornal, 2014, "Qual o tumulo do profeta Jonas"
Leia mais artigos sobre Arqueologia bíblica.
→Somos contra o fake news, em todos nossos artigos, possuímos fontes e referencias das noticias que divulgamos, caso não apresentado no artigo, basta solicitar pelo WhatsApp.

Nenhum comentário

Quem sou eu

Minha foto
Sou autor do BRC "Blog Reflexões Cristãs" e nesse espaço, defendo ideologias cristãs, a respeito dos mais diversos temas da sociedade, também divulgo centenas de estudos relacionados a ciência cristã, unicidade de Deus e outros temas teológicos diversos, caso queira sugerir um tema, ou tirar duvidas entre pelo WhatsApp (19) 993702148.