E se o homem nunca tiver ido a lua?

Razões para crer que o homem nunca foi a lua


Citarei alguns argumentos para contrariar algo que a grande maioria das pessoas entendem como verdade absoluta, muitas vezes não por culpa própria, e sim porque isso é devido a seu aprendizado, onde naturalmente com seus pais, seus professores, na televisão e de outras diversas fontes desde cedo, ela vê repetidamente e sem um questionamento, logo isso é então entendido como verdade absoluta, mas isso não é motivo para não questionarmos, pois o principio do conhecimento é da auto questionação, devemos perguntar, debater e analisar todos os fatos se possível, para então chegarmos a uma conclusão, e não entender tudo de forma mastigada como ocorre nas nossas instituições de ensino e sistemas de educação convencionais.

Razões para crer que o homem nunca foi a lua


Vejamos 5 argumentos que podem sim indicar que o homem jamais foi a lua, claro que um ou mais argumento pode sim ser debatido ou questionável, mas é praticamente impossível derrubar todos, nem mesmo os argumentos de cunho científicos, são impossível de ser refutados.

Caso o homem realmente tenha ido a lua, onde estão as gravações dos astronautas envolvidos 


Os astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin pousaram o módulo lunar Eagle em 20 de julho de 1969 às 20h17min UTC. Foram feitas gravações do pouso e da caminhada do homem a lua, além da bandeira americana cravada nas terras lunares.

A historia pode ser bonita, mas por alguma razão a NASA perdeu todos os arquivos daqueles eventos, segundo a própria Nasa, eles tiveram que apagar os dados e as gravações da primeira ida do homem a lua, para reutilizar as fitas com outros documentos, e quem disse isso foi nada mais nada menos que Grey Hautaloma, um porta voz do governo americano.

A Nasa tem perdido completamente a credibilidade na historia


Por diversas vezes, varias imagens usadas pela Nasa foram taxadas de fakes, e inclusive em algumas ocasiões a própria Nasa assumiu uso de imagens fakes.

Mas certa vez Armstrong e Aldrin, os astronautas por trás da missão da ida a lua, foram visitar um primeiro ministro da Holanda, e presentearam o mesmo com uma rocha, que segundo eles e a própria Nasa, eram da ida a lua, o rochedo foi então doado ao museu da Holanda.

Então com o passar do tempo, foi feito um estudo sobre o rochedo, e descobriu-se que era uma rocha falsa, feita basicamente de madeira petrificada, portanto uma mera falsificação, e pior entregue pela própria Nasa, isso deixa em duvidas a credibilidade da instituição.

Uma serie de imagens suspeitas revelam fatores divergentes na lua, que indicam alto risco de farsa


Quando analisamos as imagens do "filme" da ida a lua, patrocinado pela Nasa, vemos algumas coisas suspeitas, a lua não possui atmosfera, naturalmente não tem vento também, e a unica fonte de luz é do sol e em uma menor quantidade, das estrelas. Vejamos abaixo algumas estranhas e bizarras situações nas imagens abaixo.

Ventania na lua indica alta possibilidade de farsa:

Ventana na lua indicam farsa da ida do homem a lua

Esse é o discurso da Nasa e da ciência copernicana, não existe vento no espaço, por uma serie de fatores, mas de uma forma resumida, no caso da lua, é por que não existe atmosfera e ao mesmo tempo ela possui uma gravidade bem diferente da terra.

Sombras em diferentes pontos das imagens e ângulos:

Diferentes sombras em ângulos opostos

Quando analisamos a imagem acima, vemos que a luz vem de diversos pontos, isso por conta de uma dedução bem simples, repare a sobra da bandeira e do madeiro, ela notavelmente vai para um angulo diferente um do outro, indicando outras fontes de luz, o que seria natural em um estúdio por exemplo, mas não na lua, onde a unica fonte é justamente o sol.

Existem diversas outras imagens, para ser mais preciso, praticamente todas as imagens são questionáveis, inclusive vários céticos e grupos descrentes a ida a lua, pediram para que a Nasa liberassem as imagens originais para analise, com o objetivo de averiguar os videos e imagens contidas, a resposta da Nasa, foi que eles perderam tudo, isso mesmo, eles afirmam não possuir mais esses dados. Talvez criaremos um artigo um futuro apenas analisando imagens, com opiniões de especialistas na área de cinema, que podem nos tirar melhores conclusões sobre o tema.


Um problema chamado Cinturão de Van Hallen 


Isso é algo que aprendemos na escola e não percebemos na hora, mas com o passar do tempo passei a observar, que isso realmente faria sentido, para quem não sabe, o cinturão de Van Hallen é uma camada que protege a terra, ela é muito grossa e ao mesmo tempo sua radiação é feroz, além de também fisicamente ser dura e instável para atravessar tanto para sair da terra como para algo entrar, inclusive é esse o argumento para que os asteroides são na maioria das vezes destruídos quando caem na terra.

Portanto essa dificuldade que essa verdadeira parede invisível causa, faz impossível ultrapassar ela, a não ser com algo extremamente resistente, o material mais resistente na terra é o titânio, e mesmo ele dificilmente seria suficiente para realizar esse feito, isso porque é impossível fazer uma nave inteira de titânio, e segundo a própria Nasa, apenas 3% do material são feitos de titânio.

Varias operações e testes militares foram realizados em regiões onde o cinturão de Val Hallen é mais baixo, existem diversos arquivos disponíveis na internet que mostram que mesmo misseis de guerra não conseguem ultrapassar o cinturão mesmo em suas regiões mais baixas e finas.

Os testes realizados ficaram conhecidos como operação domenique e fishbowll, onde os militares russos e americanos, perceberam que ao lançar misseis em determinadas altitudes, elas explodiam na atmosfera, como se existisse uma barreira no céu que impedissem os misseis de longo alcance de prosseguir.

Veja abaixo algumas fotos dessas operações:

explosão em grande altitude

imagem a distancia da operação domenique

vista da explosão da operação domenique de um avisão


A temperatura na exosfera é altíssima e impossível de passar ileso


Em resumo posso afirmar que as temperaturas nas camadas da estratosfera, exosfera, mesosfera, termosfera e troposfera variam muito, por exemplo na  estratosfera a temperatura vai até no máximo 10 °C,  e vai subindo conforme as camadas, na exosfera por exemplo ela pode chegar a 1.500 °C, podendo até mesmo ser comum que ultrapasse 1.800 °C.

Na termosfera por exemplo é a ultima camada a temperatura chega a 2.500 °C, vendo esse contexto todos podem perguntar, qual a relação das eventuais temperaturas das atmosferas com a ida do homem a lua.

Para entender o relação temos que entender que nada na terra é resistente suficiente para resistir a 2.500 °C, conforme já falado o material mais resistente que existe em nosso planeta é o titânio, mas justamente nem mesmo o titânio resistiria a essa alta temperatura, pois o titânio derreteria em contato com por volta 1.500 °C.

A maior parte de uma nave espacial, é feita de plastico, que derrete com contato a temperaturas a partir de 50°C, fica portanto no minimo suspeito ao fato de não termos explicações serias suficientes de como as naves da Nasa conseguiria ir para o espaço, e um problema maior ainda, como naquela época, com uma tecnologia muito mais fraca e sensível, com pouquíssimo conhecimento tanto das temperaturas nas camadas celestes e também do cinturão de Van Hallen, a Nasa conseguiria não só enviar uma nave a lua, como também conseguiu trazer ela de volta.

Breve considerações finais

Existem diversas questões que poderíamos questionar, em breve traremos mais conteúdos sobre esses e outros assuntos, traremos mais razões com novas partes desse artigo, e também explicaremos melhor, sobre cada um dos 5 tópicos abordados, no minimo podemos perceber que existe algo estranho e bizarro na ida do homem a lua.

Obrigado por ler essa matéria, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148.

Um comentário

  1. Entendo como verdade. Não creio que o homem tenha ido a lua. A NASA e órgãos como esse escondem algumas coisas do público. No mínimo isso é certo.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Sou autor do BRC "Blog Reflexões Cristãs" e nesse espaço, defendo ideologias cristãs, a respeito dos mais diversos temas da sociedade, também divulgo centenas de estudos relacionados a ciência cristã, unicidade de Deus e outros temas teológicos diversos, caso queira sugerir um tema, ou tirar duvidas entre pelo WhatsApp (19) 993702148.