Nunca abra mão da sua liberdade!

Liberdade ameaçada por interesses suspeitos

 Nos últimos meses devido a pandemia do novo coronavirus, muitas restrições estão tornando-se comuns, horários e impedimentos ao trabalho, a circulação livre de pessoas, uso de mascaras, regras sobre aglomerações, entre outras medidas com o proposito de combater um inimigo invisível.

De certa forma estamos cada vez mais acostumados a sermos "restringidos" em nosso dia a dia, e isso de certa forma, tem tornando-se mais visível no Brasil em 2020, mas em diversas localidades do mundo, a cerca de pouco mais de uma década, as restrições já estavam se tornando comuns, muito deve-se a uma outra pandemia, a H1N1, que também causou grande alvoroço, mas claro que pelo menos pelo barulho, o Covid é muito mais feroz contra a população, não tanto pelo numero de mortos, e sim pelas consequências governamentais que estão usando-a para implementar seus propósitos e planos globais.




Quais são os números da Covid no Brasil?


Segundo a Imperial College, as precisões iniciais no Brasil era uma mortalidade por volta de 0,7 a 1,2 dos infectados pela doença, o numero segundo dados oficiais do governo ultrapassou essa faixa, chegando a 2,9, mas é importante ressaltar que nem todas as mortes registradas pela Covid são realmente como único fator apenas essa doença, o mais correto, é afirmar que a grande maior parte das pessoas morre por outras doenças que são realmente agravadas pelo Covid, mas precisamos analisar algumas verdades que precisam ser ditas, já houveram diversas pandemias no mundo, mas nunca uma tão marqueteira, a mídia aplaude e difunde com muito gás e energia sobre a pandemia de Covid-19, fomentando medo e duvidas, expõe dados nem sempre honestos, com posicionamentos políticos globalistas, e isso precisa ser observado.


Estão levando nossa liberdade em nome de um combate a um inimigo invisível


A cerca de uma década, na pandemia do H1N1, vimos diversos países sofrer as mesmas restrições que o Brasil senti hoje, mas ainda sim, na época começamos a ser preparado para verdadeiras interversões de governos e iniciativas privadas, em nossas vidas, assim como todos os demais países de terceiro mundo, passou alguns anos, mas o diabólico plano globaliza não parou, uma nova pandemia surge, dessa vez, usamos mascaras obrigatoriamente, mesmo que sua eficácia exige uma disciplina longe de ser possível  e pouco provável atingida pela maioria, e ao mesmo tempo, seus resultados são muito poucos, também tivemos restrições duras que atingiram toda a classe trabalhadora, muitos perderam empregos, pequenos comércios fecharam as portas, empresas nacionais medias e grandes, para manter-se de pé, caíram em longos financiamentos com bancos, que esses alias, são junto das industrias farmacêuticas, dos governos corruptos que estão lavando dinheiro a vontade com a mínima fiscalização são os que saem felizes dessa historia.

Hoje as regras são que você fique em casa, coloque uma mascara, não vá trabalhar, fique isolado, amanha será algo ainda mais pesado, talvez daqui uma década a historia se repita, e teremos novas regras, mais impostoras e ditatoriais, e as massas aceitaram de braços abertos, sem resistência. Não aceite que um governo dite como sua vida será vivida, o maior direito que Deus deu aos seres humanos é a liberdade.


Fontes, referencias de pesquisa e conteúdo recomendado: 

👉 Metrópoles, Qual a taxa de mortalidade do coronavírus?

👉10 maneiras pela qual a China espiona sua população.

👉A crise do coronavírus causará um governo mundial? 


Este blog produz opiniões e textos independentes em uma perspectiva cristã sobre todos os temas, Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19) 993702148. 

Nenhum comentário