O trem da vida

Um ciclo vicioso e inevitável chamado vida

A vida é como uma viagem em um trem , com as suas estações, mudanças de via, seus acidentes ... Ao nascer chegamos no trem e nós encontramos nossos pais, e nós sempre viajar para o nosso lado, mas em alguma estação eles Eles vão descer deixando-nos na viagem sozinhos.

Do mesmo modo que outras pessoas escalam, elas são significativas: nossos irmãos, amigos, filhos e até o amor da nossa vida . Muitos vão para baixo e deixam um vazio permanente, outros passam tão despercebidos que nem percebemos que eles deixaram seus assentos.

Muitos ao descer deixam um desejo permanente; outros passam tão despercebidos que nem percebemos que eles deixaram o lugar.


Esta viagem será cheia de alegrias, tristezas, fantasias, espera e despedidas. O sucesso consiste em ter um bom relacionamento com todos os passageiros, dando o nosso melhor. O grande mistério para todos é que não sabemos em que estação sairemos, por isso devemos viver da melhor maneira, amar, perdoar, oferecer o melhor de nós...

Assim, quando chegar a hora de desembarcar e nosso assento estiver vazio, deixemos belas lembranças para aqueles que continuam a viajar no trem da vida. Desejo que a viagem em  seu trem para o próximo ano seja melhor a cada dia, colhendo sucessos e dando muito amor. Obrigado por ser um passageiro no meu trem .

Um ciclo que apenas podemos segui-lo

A vida nada mais é do que uma viagem de trem: cheia de remessas e desembarques, pontilhada de acidentes, surpresas agradáveis ​​em algumas remessas e profundas tristezas em outras.

No nascimento, pegamos o trem e conhecemos algumas pessoas que acreditamos que sempre estarão conosco nesta viagem: nossos pais.

Infelizmente a verdade é outra. Eles vão descer em alguma estação, deixando-nos órfãos por seu amor, amizade e companhia insubstituível. No entanto, isso não impede que outras pessoas sejam muito especiais conosco.

Nossos irmãos, nossos amigos e nossos amores maravilhosos chegam. Das pessoas que tomam esse trem, haverá quem faça isso como uma simples caminhada, outras que encontrarão apenas tristeza na viagem e outras que circularão no trem, sempre estarão prontas para ajudar quem precisa.

Muitos ao descer deixam um desejo permanente; outros passam tão despercebidos que nem percebemos que eles deixaram o lugar.

É curioso notar que alguns passageiros, tão queridos por nós, estão acomodados em vagões que não são os nossos. Portanto, somos forçados a separar a jornada deles. É claro que não somos impedidos durante a viagem, viajamos com dificuldade e chegamos até eles, mas, infelizmente, não podemos mais sentar ao lado dele, porque haverá outra pessoa ocupando o assento.

Não importa, a viagem é feita dessa maneira; cheio de desafios, sonhos, fantasias, espera e despedidas ... mas nunca mais volta.

Então, vamos fazer esta viagem da melhor maneira possível. Vamos tentar nos relacionar bem com todos os passageiros, procurando em cada um o que eles têm de melhor.

Lembremos sempre que em algum momento ao longo do caminho, eles poderão hesitar e provavelmente precisaremos entendê-los, pois também hesitaremos com frequência e haverá alguém que nos entenderá.

O grande mistério, finalmente, é que nunca saberemos em que estação vamos descer, muito menos onde nossos companheiros descerão, nem mesmo aquele sentado no próximo assento.

Eu me pergunto se, quando descer do trem, me sentirei nostálgico.

Acho que sim. Separar-me de alguns amigos daqueles que fiz na viagem será dolorido. Deixar meus filhos ficarem sozinhos será muito triste. Mas tenho a esperança de que, em algum momento, chegarei à estação principal e tenha a grande emoção de vê-los chegar com a bagagem que não tinham quando embarcaram.

O que me fará feliz será pensar que eu colaborei com a bagagem crescendo e se tornando valiosa.

Vamos fazer a nossa estadia neste trem tranquila, valeu a pena. Façamos muito, para que, quando chegar a hora de desembarcar, nosso assento vazio, deixe saudades e lembranças bonitas para aqueles que permanecerem na viagem.

Obrigado por ler esse artigo, comente e de sua opinião, compartilhe com seus familiares e amigos, receba as Reflexões Cristãs pelo WhatsApp (19)993702148.

Nenhum comentário

Quem sou eu

Minha foto
Sou autor do BRC "Blog Reflexões Cristãs" e nesse espaço, defendo ideologias cristãs, a respeito dos mais diversos temas da sociedade, também divulgo centenas de estudos relacionados a ciência cristã, unicidade de Deus e outros temas teológicos diversos, caso queira sugerir um tema, ou tirar duvidas entre pelo WhatsApp (19) 993702148.